Em encontro da CNBB, sindicalistas relatam desafios enfrentados pelos trabalhadores

Sindicalistas relatam à CNBB desafios enfrentados pelos trabalhadores – A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos no Brasil) promoveu nos dias 14 e 15 de junho uma série de encontros virtuais para fortalecer a interação entre igreja, movimentos sociais e sindicatos. A CSB participou de uma das conversas, representada pelo dirigente Paulo de Oliveira.

Ele falou sobre os desafios que os trabalhadores têm enfrentado, não apenas com os ataques que os direitos trabalhistas vêm sofrendo há anos, mas com a crescente informalidade e precarização que têm tomado conta das relações de trabalho.

Oliveira analisou que este cenário se formou após diversas políticas desfavoráveis ao trabalhador que foram promovidas pelos últimos governos, mas apontou que há a perspectiva de se reverter a situação no governo atual.

O dirigente destacou a necessidade de se reverter as maldades da reforma trabalhista e promover uma reestruturação sindical, garantindo financiamento para as atividades dos sindicatos. Os dois temas estão em discussão atualmente no Grupo de Trabalho da Negociação Coletiva, do qual Oliveira é membro titular.

Os sindicalistas refletiram ainda sobre os efeitos da tecnologia e da inteligência artificial no mercado de trabalho. Segundo eles, há a necessidade de capacitar os trabalhadores para se adaptarem e se manterem resilientes em um mundo em constante transformação.

De acordo com a CNBB, esses encontros buscam estreitar os laços entre sociedade e igreja, que tem como papel fundamental contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva, com base nos valores cristãos de fraternidade e amor ao próximo.

“A atuação conjunta nesses temas relevantes para a sociedade, guiada pelos princípios e valores cristãos, fortalece a voz dos trabalhadores e amplia seu poder de influência na sociedade e na construção de políticas públicas. É por meio dessa parceria que podemos contribuir no equilíbrio nas relações de trabalho, promover a justiça social e trabalhar incansavelmente pela construção de um mundo mais justo, inclusivo e fraterno”, afirmou Paulo de Oliveira.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)