Em acórdão, TRT- 4 determina desconto de um dia de trabalho para contribuição sindical

No documento, os desembargadores também determinaram multa de R$ 1 mil por dia em caso de descumprimento

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª Região publicou acórdão com importante vitória para o movimento sindical. Na decisão, por maioria de votos, os desembargadores concederam mandado de segurança determinando que seja feito o desconto de um dia de trabalho, salvaguardando o direito de a assembleia geral dos trabalhadores decidir sobre a contribuição sindical, sendo esta devida por todos integrantes da categoria no caso de aprovação.

No documento, também fica determinado o recolhimento em guia de Contribuição Sindical, nos prazos previstos nos artigos 582 e 583 da CLT, sob pena de multa de R$ 1 mil por dia de descumprimento.

No Acórdão publicado também está expressa a imediata aplicação, “sem a interpretação da nova legislação trabalhista, que retira do sindicato sua fonte de custeio, e, assim, sua capacidade negociação, de representação, agente de greves e movimentos reivindicatórios, de ente zelador dos direitos daqueles que fazem parte da categoria, em afronta às Convenções nºs 98 e 154 da OIT”.

A vitória na ação do Sindicato dos Municipários de Capão da Canoa e Xangri-la foi apenas uma das dezenas de vitórias dadas ao movimento sindical pelo TRT-4, na manhã da última sexta-feira (14), em Porto Alegre.

Para o presidente da Seccional Rio Grande do Sul da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Sergio Arnoud, esta é uma conquista sem precedentes.

“É uma vitória histórica para o movimento sindical, não apenas do Rio Grande do Sul. É uma decisão pioneira que sai na vanguarda no sentido da construção de uma jurisprudência nacional relativa ao conhecimento da assembleia geral como instrumento capaz de decidir e firmar em nome da categoria, e não mais a autorização de forma individual. Ela abre um precedente para que o movimento sindical consiga, através de outras decisões, que venham resgatar a saúde e o restabelecimento do custeio do movimento sindical brasileiro”, declarou.

Confira o Acórdão na integra:

Compartilhe:

Leia mais
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"
lula critica campos neto
Lula diz que Campos Neto tem lado político e trabalha para prejudicar o país
campos neto presidente bc
Procurador pede investigação sobre influência de bancos na definição dos juros pelo BC
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se