Em Goiás, chapas apoiadas pela CSB vencem eleições dos sindicatos de policiais civis e gestores governamentais

Diretorias do SINPOL-GO e SindGestor-GO devem assumir novos mandatos em maio e abril, respectivamente

A Seccional Goiás da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) viveu uma quinta-feira (23) de vitórias após resultado dos pleitos eleitorais realizados pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (SINPOL-GO) e pelo Sindicato dos Gestores Governamentais de Goiás (SindGESTOR – GO). Com uma base de mais de 4.000 trabalhadores, o SINPOL-GO venceu com 80% dos votos válidos em uma eleição marcada pela tranquilidade. Foram 670 votos contra 161 da chapa adversária, coletados em urnas instaladas em todo o estado.

Para o presidente eleito, Paulo Sergio Alves de Araújo, o resultado expressivo mostra que o trabalho desempenhado pelo sindicato agradou os trabalhadores, mas a responsabilidade aumenta para o novo mandato.

“Com esta margem de 80%, percebemos que os policias realmente gostaram desta nossa gestão e mostraram o que eles querem, um sindicato forte e independente, que ele caminhe sempre para o fortalecimento. Durante a campanha sentíamos o carinho dos policiais, mas sempre respeitamos os adversários. Agora temos ainda mais responsabilidade devido à confiança depositada nesta diretoria que virá. Vamos trabalhar bastante para que a nossa gestão seja ainda melhor nesses próximos quatro anos”, falou Araújo, que tem em mente as prioridades para a próxima gestão.

“Nós temos um desafio que é aprovar a reestruturação da nossa carreira. Já apresentamos e estamos lutando por ela. Essa reestruturação é o principal ponto. Também queremos construir um hotel de transfer e uma área de lazer em Aparecida de Goiânia”, falou o presidente em entrevista para a CSB.

Chapa 1 tenta reeleição no Sinpol/GO para manter as conquistas dos policiais civis

Gestores

Apesar da vitória apertada (215 votos para a chapa 1 contra 177 para chapa 9), a diretoria eleita para mais três anos à frente do SindGESTOR–GO comemorou muito. Segundo o presidente reeleito, a vitória apertada é mais um motivo de união e força entre diretoria e trabalhadores na busca de melhores condições de trabalho.

“Eu não esperava um resultado apertado, mas foi uma estratégia utilizada pelo adversário na véspera plantando algumas inverdades que acabaram dando esse resultado na reta final. Mas este é o momento de a gente se unir, pois a tendência é de que fique ainda mais difícil para nós, em vista do cenário político e a onda de supressão de direitos que deve ganhar força antes de diminuir”, disse Aires, que representa 800 trabalhadores e iniciará novo mandato no próximo mês.

Apoiada pela CSB, Chapa 1 tenta reeleição no SindGESTOR – GO

Para a Seccional Goiás da CSB, representada pelo seu presidente, Sandro Jadir, estás vitórias fortalecem mais a entidade.

“Nossa Seccional em Goiás sai mais fortalecida e espero que esta relação de cumplicidade e comprometimento com o movimento sindical combativo e atuante, se perpetue, pois com diretores altamente qualificadas e competentes, todos ganham, tanto as Categorias, a CSB, bem como toda a classe trabalhadora e a sociedade em geral. A Vitória das Chapas que disputaram a eleição do SINDIGESTOR e do SINPOL em Goias, apoiadas pela CSB, consolida o trabalho serio, excepcional e dinâmico dos seus respectivos Presidentes, Dr Eduardo Aires e Dr Paulo Sergio. Ambas as Categorias reconheceram as conquistas e os benefícios alcançados durante os seus mandatos. Parabéns a todos que se empenharam e participaram destas eleições”, finalizou o presidente da Seccional.

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"