Diretoria eleita toma posse no Sindicato dos Vigilantes do Estado do Ceará

Ato aconteceu no auditório da Federação dos Trabalhadores do Comércio e Serviços, na noite desta terça-feira (27)

Eleita com 98% dos votos válidos, a diretoria do Sindicato dos Vigilantes do Estado do Ceará (Sindvigilantes-Ce) tomou posse na noite desta terça-feira (27), no auditório da Federação dos Trabalhadores Empregados e Empregadas no Comércio e Serviços do Estado do Ceará (Fetrace), localizada no centro da capital do estado.

Durante a eleição, que aconteceu no dia 31 de janeiro, o presidente reeleito, Daniel Borges, garantiu que uma das principais lutas da categoria será contra os retrocessos propostos pelo atual governo.

“O nosso compromisso é continuar reestruturando o Sindicato, organizando os profissionais e os enfrentamentos, como as ações que são contra a reforma”, falou Borges, que irá dividir seu tempo entre presidir a entidade e cumprir seu papel como vereador na cidade de Fortaleza.

Diretoria reeleita do Sindvigilantes/CE inicia 2018 na luta contra os retrocessos da reforma trabalhista

O fortalecimento da entidade também faz parte da pauta da diretoria reeleita. “Nosso intuito no segundo mandato é continuar fortalecendo a luta dos trabalhadores, organizando a categoria dos vigilantes e tentando crescer politicamente em todo estado. Sabemos da dificuldade que vai ser, mas da maneira que pensamos, vamos sempre juntar a categoria para participar dos movimentos. Assim, vamos tentar construir este movimento. A ideia é sempre trabalhar próximo à categoria”, esclareceu Borges, que também é vice-presidente da Seccional Ceará da CSB.

Presente durante a posse, o presidente da Seccional Ceará da Central dos Sindicatos Brasileiro (CSB), Francisco Moura, reafirmou o apoio da Central à entidade.

“Para nós, da CSB, é um orgulho muito grande ter este sindicato como nosso filiado e ter participado deste evento importante. O compromisso da CSB com o sindicato está mantido, que é o apoio incondicional em suas lutas e nos seus eventos, que temos traçados juntos. Vamos continuar juntos na causa e na defesa do trabalhador vigilante, no trabalhador do Brasil e do estado do Ceará”, falou Moura.

A luta dos vigilantes contra as reformas e a batalha para aprovar uma CCT que não retirasse os direitos da categoria também foram elogiadas pelo presidente da Seccional.

“A posse desses companheiros é um momento muito importante, em especial do nosso vice-presidente Daniel Borges. Foi uma grande vitória da categoria reeleger este guerreiro, um defensor incansável da luta dos vigilantes e dos trabalhadores de modo geral. Com a categoria, ele tem sido determinante e implacável na luta. Daniel tem sido um dos baluartes na luta contra a reforma previdenciária, foi um dos que mais mobilizaram e se manifestou contra a reforma trabalhista, e tem sido um batalhador incansável junto com sua diretoria em defesa da manutenção das conquistas da classe trabalhadora”, finalizou Moura.

Entre os convidados para posse estavam parlamentares e membros da Federação e Confederação dos Vigilantes.

Compartilhe:

Leia mais
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"
lula critica campos neto
Lula diz que Campos Neto tem lado político e trabalha para prejudicar o país
campos neto presidente bc
Procurador pede investigação sobre influência de bancos na definição dos juros pelo BC
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se
CSB-RS conselho plano rio grande
Reconstrução do RS: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande
distribuição extra fgts
Após acordo com centrais, governo fará distribuição extra do FGTS aos trabalhadores