CSB MT participa de manifestação contra assédio em Cuiabá

Acabar, ou pelo menos minimizar, o assédio contra as mulheres em todos os níveis do âmbito trabalhista. Este é o objetivo da manifestação aberta que acontece nesta quarta-feira (06.12), às 15h30, na Praça Ulisses Guimarães, em Cuiabá/MT e que tem total apoio e participação da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) em Mato Grosso, representada pela presidente estadual da entidade e presidente do Sintap, Diany Dias.

Para ela, alertar a sociedade quanto a este mal que ocorre ainda nos dias atuais em que a mulher ainda é colocada em segundo plano tanto nos valores salariais e nas oportunidades trabalhistas além de sofrer com o assédio sexual, é uma forma de fortalecer o combate a esses problemas. “É preciso deixar claro quais são as diversas formas de assédio para que a população possa identificar e não achar normal que isso aconteça e passe a denunciar para coibirmos estes abusos”, esclareceu Dias.

À frente da CSB/MT, a líder sindical deve promover esta frente como uma das prioridades de sua gestão que teve início em junho de 2017. Atualmente participam da CSB no estado 46 sindicatos e muitas líderes são do sexo feminino, por isso a importância de garantir lugares seguros e tranquilos para que possam desenvolver suas atividades sindicais e passar segurança às companheiras de seus respectivos sindicatos no tocante aos assédios. “Somente dessa forma é que as relações trabalhistas poderão ser mais salutares e justas”, garante a presidente estadual.

Planejamento

Outra frente que está em andamento é a luta contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária. Nessa questão a presidente reuniu-se na manhã desta terça-feira com o secretário de Profissionais Liberais da CSB/MT – e também presidente do Sinconmt – Deosdete Gonçalves da Silva. A meta, conforme informaram foi definir ações desta secretaria que deve iniciar, no próximo dia 08.12, itinerância na cidade de Pontes e Lacerda para disseminar informações sobre as reformas bem como conquistar novos sindicatos membros para a Central em Mato Grosso e, juntos, tornar mais aguerrida a luta sindical em 2018 no estado. Participou também da definição de metas o  secretário do Trabalho Rural da CSB em Mato Grosso, Francisco Aurélio Pereira Borges.

Fonte: Adriana Nascimento – Sintap – CSB/MT

Compartilhe:

Leia mais
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"
lula critica campos neto
Lula diz que Campos Neto tem lado político e trabalha para prejudicar o país
campos neto presidente bc
Procurador pede investigação sobre influência de bancos na definição dos juros pelo BC
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se
CSB-RS conselho plano rio grande
Reconstrução do RS: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande