CSB participa de fórum internacional em defesa da previdência solidária em Buenos Aires

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) esteve presente com representativa delegação do Fórum Internacional em Defesa de Uma Previdência Pública e Solidária realizado na última sexta-feira, 28 de junho, em Buenos Aires, na Argentina. O encontro foi uma iniciativa conjunta de entidades da América Latina e formalizou a constituição da criação do Fórum, ideia lançada pela CSB na realização da Jornada Internacional em Defesa da Previdência Social, em 12 de abril. Nesta etapa, coordenado pela Confederação Latinoamericana e do Caribe de Trabalhadores Estatais, contou com a participação de lideranças sindicais, especialistas e autoridades do continente com a finalidade de debater o desafio de preservar a universalidade e a sustentabilidade dos sistemas de previdência dos países latinos.

Durante o encontro que iniciou as 14h e foi encerrado somente as 20h, os participantes assistiram palestras de políticos, dirigentes sindicais e especialistas na área previdenciária de vários países como Argentina, Colômbia, Venezuela, Uruguai, Peru, Chile e Brasil. Foi uma troca de informações de grande importância num momento em que querem atacar os trabalhadores de todos os lados.

Participações Brasileiras

O vice-presidente presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros e presidente da CSB RS, Sérgio Arnoud, relatou o trabalho realizado pelas entidades sindicais brasileiras com objetivo de barrar a “reforma” da Previdência no Congresso Nacional ou, no mínimo, barrar os pontos mais críticos do projeto, com destaque para a derrubada do modelo de capitalização; a derrubada da desconstitucionalização de matérias previdenciárias além de preocupações relacionadas aos custos da transição do modelo (atual) de repartição para o de capitalização. Arnoud recordou as grandes mobilizações e a recente greve geral que forçou a base do governo a alterar pontos da proposta.

“Desejamos manter nosso sistema público e solidário, no caminho inverso dos objetivos cruéis pretendidos pelo mercado e governo brasileiro nessa fracassada política econômica de perfil neoliberal. Sabemos que o desafio é grande, mas estamos seguros de que, unidos, com estratégia e objetivos comuns, podemos reverter este triste cenário de retrocessos”, concluiu Arnoud.

Em discurso, João Domingos Domingos Gomes dos Santos, presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, destacou a importância de ações conjuntas, multinacionais, para barrar retrocessos e fez uma breve análise de conjuntura sobre as similaridades e desafios dos países Latino-americanos.

O Dr. Marcelo D’ambroso. Juiz de Direito do Rio Grande do Sul , fez uma explanação abordando a situação laboral do trabalhador na iniciativa privada.

Ao final ficou acordado que haverá novo encontro em agosto no Chile, com dia a ser confirmado. A luta continental na América Latina e Caribe quer se manter fortalecida e unificada.

Etapas da Criação do Fórum:
Primeira etapa – Organização : 12 de abril em Porto Alegre / Brasil
Segunda etapa – Fundação: em Buenos Aires : 28 de junho de 2019 em Buenos Aires / Argentina
Terceira etapa – agosto 2019 /Chile

Fonte: CSB-RS

 

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)