CSB lança canal para receber denúncias de assédio e abuso dos patrões

Desde o início do distanciamento social, que visa diminuir os índices de transmissão de coronavírus, o Governo Federal vem cada vez mais investindo na precarização das condições de trabalho no Brasil.

Ciente disso, a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) lançou um canal para abrir o diálogo e proteger o trabalhador que sofreu ou está sofrendo algum tipo abuso por parte do patronato.

WhatsApp

Se você está sendo vítima de assédio, abuso, coação, está trabalhando sem equipamento de proteção ou sendo obrigado a assinar algum tipo de acordo individual abusivo, basta nos enviar sua denúncia via WhatsApp, mande uma mensagem para o número (11) 98822-9798 e faça sua denúncia.

A privacidade do trabalhador, que não precisará se identificar, será preservada ao máximo!

E-mail

O trabalhador que preferir esse caminho deverá mandar a sua denúncia para o endereço [email protected]. Assim como no WhatsApp, sua privacidade será preservada ao máximo.

Entenda o contexto

Além de tentar sabotar as medidas de proteção e distanciamento social, uma das únicas maneiras de evitar e atenuar o colapso do sistema de saúde brasileiro, o Governo Federal vem aproveitando a atual crise para destruir a legislação trabalhista do Brasil.

Abusando das Medidas Provisórias, instrumento legal que passa a valer instantaneamente, porém que precisa de aprovação do Congresso para se tornarem leis permanentes, Bolsonaro e Guedes vem penalizando os trabalhadores brasileiros.

Por exemplo, a MP 936 possibilita acordos individuais para trabalhadores que ganham até 3 salários mínimos, sem a participação dos sindicatos em tais negociações. Isso deixa o trabalhar vulnerável precisando lutar contra a caneta do patrão

Dessa forma, não se intimide! Se o seu local de trabalho estiver impondo acordos abusivos aos trabalhadores, não deixe de entrar em contato e denunciar!

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"