CSB filia-se ao DIAP em ato na Câmara dos Deputados

Departamento Intersindical apoia a pauta trabalhista apresentada pela Central no Congresso

No dia 28 de fevereiro, a CSB filiou-se ao Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP). A cerimônia de filiação aconteceu na Câmara dos Deputados durante a Campanha Nacional pela Ampliação dos Direitos Trabalhistas, promovida pela Central em Brasília.

O DIAP possui 900 entidades sindicais que compõem sua base, e atua nos poderes da República, em especial no Congresso Nacional, dando auxílio técnico-legislativo.

Para Antonio Neto, presidente da CSB, a instituição é de vital importância para os trabalhadores. “O DIAP faz radiografias das questões debatidas no Congresso que envolvem os trabalhadores. Em toda legislatura eles emitem uma brochura analisando as ações da Casa.”, explicou Neto referindo-se aos livros produzidos pelo órgão.

Filiação como instrumento de luta

O diretor da entidade, Antônio Augusto de Queiroz, o Toninho do Diap, se mostrou muito entusiasmado com a filiação e o crescimento da CSB. “É uma honra para o DIAP receber essa nova Central, que está congregando, se organizando em torno de diversos setores da economia nacional, como profissionais liberais, comércio, prestadores de serviço, bancários. Uma entidade que surge com muita força, e tenho certeza de que a CSB vai ser uma grande Central”, comemorou o diretor.

Segundo Toninho, não há soluções para os problemas coletivos fora da política, uma vez que todas as conquistas da humanidade foram objeto de decisões políticas. “E a organização sindical, no Brasil em particular, é a base desse movimento que dá sustentação a essas conquistas e resistências a esses retrocessos”, pontuou.

Antonio Neto reforçou que a CSB pode contribuir ideologicamente e na manutenção do DIAP. “Vamos tentar espraiar isso para que todos os sindicatos filiados a nós possam também se filiar ao DIAP e, acima de tudo, contribuir na manutenção. Aqui se faz grandes trabalhos. Quando a gente precisa do acompanhamento de alguma legislação, alteração, alguma lei, o DIAP pode fazer isso para nós”, salientou o presidente da CSB sobre a importância do órgão no respaldo à visão clara e apartidária da Central, que está disposta a formar e qualificar seus dirigentes.

O DIAP apoia e defende a pauta trabalhista proposta pela CSB em Brasília, além de considerar que a filiação da Central dará ainda maior prestígio ao Departamento e ampliará a abrangência dos trabalhos. “Por que não se pode reduzir novamente de 44 para 40 horas a jornada de trabalho? Rever essa questão do fator previdenciário e uma série de outras matérias que angustiam o trabalhador. É uma filiação muito bem-vinda, estamos satisfeitos com a decisão política de vocês de se filiar, e contem conosco para o que precisar do DIAP”, concluiu Toninho.

GALERIA DE FOTOS DA FILIAÇÃO AO DIAP

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"