CSB e FESERP-MG marcam presença no Encontro Nacional de Sindicalistas do MNU

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e FESERP/MG marcaram presença na terceira edição do Encontro Nacional de Sindicalistas do Movimento Negro Unificado (MNU), que aconteceu nos dias 9, 10 e 11 de junho, na sede do SINDSPREV, na Lapa, Rio de Janeiro.

A presidente da CSB, seccional Rio de Janeiro, Maria Bárbara da Costa, destacou o papel da Central no contexto atual do país.

“Estamos vivendo momentos de opressão, com reformas propostas pelo Governo Federal, que são inaceitáveis. A Reforma Trabalhista, “da degola”, e a da Previdência, a do “Pé na Cova”, estão devolvendo o país aos tempos da escravidão. Não podemos aceitar isso de maneira alguma, a população brasileira – e a negra, que representa 53% do contingente populacional do país -, precisa e vai reagir. Vai exigir a paralisação desse processo das reformas e a saída do presidente Michel Temer”, discursou ela, que também exerce as funções de Secretária de Saúde na Diretoria Executiva da CSB e de presidente do SEESSP/RJ (Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Rio de Janeiro).

Pela FESERP-MG, participaram os diretores Jairo Cesar Rodrigues e Regis de Oliveira e o funcionário da Federação em Juiz de Fora, Peterson Gonçalves Ferreira. Também esteve presente no Encontro uma delegação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF), com os sindicalistas Fernanda Oliveira Carvalho, Ivan Expedito Catarina, Paulo Azarias e Saionara Apolinário.

Em nota enviada aos organizadores do Encontro, a diretoria da FESERP-MG, além de desejar sucesso e boas discussões, lembrou que “desde a sua fundação, a FESERP-MG adota em seus princípios – norteados pela coragem, a determinação e a transparência – um profundo respeito pelas causas justas, como são as do MNU, que desde muito tempo (desde 1978 para ser mais preciso – há 39 anos, portanto), reage firmemente contra toda e qualquer violência racial”.

O III Encontro Nacional de Sindicalistas do MNU, que teve o tema “Os desafios do povo negro diante das ameaças das reformas da Previdência e trabalhista e do desmonte do Estado Brasileiro”, também contou a presença de representantes de outras centrais sindicais.

Fonte: FESERP-MG

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)