Central dos Sindicatos Brasileiros

CSB defende importância dos servidores em congresso da ISP das américas em Buenos Aires

CSB defende importância dos servidores em congresso da ISP das américas em Buenos Aires

 

O presidente da CSB, Seccional RS, Sérgio Arnoud, participa nesta quarta-feira, 26, do Congresso da Internacional dos Serviços Públicos, setor Américas, em Buenos Aires, onde se discute o enfrentamento das políticas de diminuição do Estado nos países da região.

Na oportunidade, Arnoud destacou os anúncios de suspensão de concursos públicos no Brasil e no RS: “O projeto dos nossos governantes é substituir os servidores que se aposentam por terceirizados até chegar à privatização. Todos sabem que os serviços serão piores e mais caros. No RS, o Governador Leite, depois das eleições, não esconde sua política de retirada de todas as conquistas dos servidores que há 5 anos não tem reajuste. E alardeia também que aumentará os descontos previdenciários em mais 8%. Neste aspecto, é importante destacar que somos o único estado que desconta 14% para Previdência abrangendo também os aposentados. A sociedade que necessita de saúde, educação e segurança terá que pagar caro por tudo isso. Os que ainda não se deram conta disso, ou pensam que essa é uma luta corporativa que tratem de acordar. O alvo é à população em geral e o objetivo é lucrar com os serviços públicos terceirizados.”

O dirigente da CSB/RS e da Fessergs (Federação Sindical dos Servidores Públicos no Estado do RS) assistiu palestra da Dra. Debra James, especialista em tratados internacionais que abordou a questão dos acordos que envolvem livre transferência de dados, sem qualquer indenização ou impostos, permitindo o comércio direto e ameaçando empregos e receitas dos países. Para Arnoud isto explica o estado mínimo e o discurso da austeridade. “Sem impostos e receitas, os países acabam com os serviços públicos essenciais à população que não pode pagar.”

Fonte: CSB-RS

Be Sociable, Share!