CSB completa 5 anos de fundação

Reorganizada em fevereiro de 2012, Entidade é a quinta maior central do Brasil e continua ampliando suas bases em todo o Brasil para o fortalecimento dos sindicatos na defesa dos trabalhadores

Há exatos 5 anos, em 7 de fevereiro, a nascia a CSB, então Central Sindical de Profissionais (CSP), ratificada no I Congresso da Entidade, realizado em Guarulhos/SP. Com o lema “Sindicatos Fortes, Brasil Mais Justo”, a Central foi fundada como uma nova alternativa para a organização dos trabalhadores brasileiros.

Desde então, a Central dos Sindicatos Brasileiros – nomenclatura aprovada em setembro de 2012 – cresceu mais de 600%. A CSB agrega 700 sindicatos filiados e validados junto ao Ministério do Trabalho, e ainda conta com mais 35 entidades em processo de validação, além de 30 federações e 1 confederação. Estes números fazem da CSB a quinta maior central sindical do País, presente em todos os estados e representando mais de 5 milhões de trabalhadores.

O presidente Antonio Neto destaca que os princípios da Central permanecem sólidos nestes 5 anos e afirma que a Entidade continuará levando suas bandeiras para todo o Brasil. “Nosso lema nunca esteve mais forte em nossas mentes e nossos corações. Especialmente neste ano de 2017, viajaremos ainda mais pelo Brasil, fortalecendo as bases, os sindicatos e levando os ideais trabalhistas da CSB pelos quatro cantos do País”, disse Neto, fazendo referência também aos congressos estaduais e encontros setoriais que a Central realizará ao longo do ano.

A CSB sempre esteve presente nas principais lutas dos trabalhadores brasileiros desde a sua fundação. Conquistas importantes como a hereditariedade da licença dos taxistas, o porte de arma para os agentes penitenciários, além da grande articulação política e mobilizações contra retrocessos e pela ampliação dos direitos trabalhistas sempre pautaram o trabalho da Central.

Em seu II Congresso, realizado em Brasília, em fevereiro de 2016, a Entidade divulgou as Teses que nortearão sua luta nos próximos anos. Nesta empreitada, a Central permanecerá alerta, capacitando seus dirigentes, mobilizando suas bases em todos os rincões do Brasil, e continuará firme na sua atuação junto ao governo e ao Congresso Nacional para garantir a dignidade dos trabalhadores e contribuindo para o crescimento do País com justiça social.

“Vamos trabalhar para multiplicar estes cinco anos, na forma de luta e diálogo, sempre ao lado dos companheiros que fazem da CSB uma central comprometida com o Brasil. Temos orgulho de fazer parte desta Entidade, que é pautada pelos princípios de Getúlio Vargas, presidente que tanto batalhou pela soberania do nosso País”, finalizou Antonio Neto.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)