sind1

Assembleia dos trabalhadores em confecções abre campanha em defesa de aumento acima da inflação

Assembleia geral realizada na sexta-feira (15/4) abriu a campanha salarial deste ano dos trabalhadores nas indústrias de confecção de Guarulhos e região defendendo aumento real de salários a partir do dia 1º de junho, data-base da categoria. Além do aumento real, a categoria vai lutar pela melhoria da cesta básica, pela estabilidade no emprego no retorno das férias, pelo abono da falta no dia do aniversário do trabalhador e pelo adicional por tempo de serviço.

A assembleia encerrou uma extensa jornada de visitas à mais de uma centena de empresas realizada por Márcia Regina Alves, Nilvone de Oliveira e Eliete Bispo dos Santos, diretoras do sindicato, com o apoio dos assessores Jorge Barbosa e Maurício da Cruz. Foram contatados trabalhadores de toda a base territorial do sindicato formada pelos municípios de Guarulhos, Arujá, Caieiras, Cajamar, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Igaratá, Itaquaquecetuba, Mairiporã, Nazaré Paulista e Santa Isabel.

A pauta de reivindicações aprovada será encaminhada à Federação dos Trabalhadores na Indústria do Vestuário de São Paulo (Fetivesp) que coordenará as negociações com o sindicato patronal. A campanha salarial tem sido realizada em conjunto com as entidades de trabalhadores em confecções das cidades de São José dos Campos, Barueri, Jundiaí, Presidente Prudente, Birigui e Ibitinga. “A unidade dos sindicatos tem possibilitado muitas vitórias para a categoria”, afirma Álvaro Egea, presidente do sindicato.

Fonte: Sindvestuário

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra