b900e98b-4913-43f5-9f03-b59f30d074db

APP do Sinditaxi está disponível em lojas de aparelhos Android e iOS

O aplicativo para corridas do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi) já está disponível nas lojas dos smartphones com Android e iOS. O app foi lançado na manhã desta quarta-feira, 20, na sede do sindicato, na rua Sólon Pinheiro.

Os passageiros que utilizarem o app “Siditaxi” terão desconto de 30% em todas as bandeiras tarifárias. O cliente pode baixar a ferramenta e fazer o cadastro com nome e e-mail, além de criar uma senha. Todos os recibos das corridas são enviados para endereço cadastrado no aplicativo.

No caso do taxista, ele não precisa ser sindicalizado para usar o app. Contudo, terá de atestar que é regulamentado pelos órgãos municipais. Os documentos para o profissional usar o aplicativo são: CNH, documento do veículo, carteira padrão e documento de vistoria da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). A taxa de adesão para o profissional é de R$ 30. Aproximadamente 500 taxistas se encontram cadastrados para utilizar a ferramenta.

Em entrevista ao POVO Online, na semana passada, o presidente em exercício do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditáxi), Pedro Alves Cabral, esclareceu que o objetivo da ação é “atrair os clientes e fazer concorrência aos vários outros aplicativos que têm surgido em Fortaleza”, afirma.

Doação de sangue

Em comemoração ao lançamento do aplicativo e com o objetivo de ajudar o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), o Sinditaxi realiza uma campanha de doação de sangue até está sexta-feira, 22.

Fonte: O Povo

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra