Após um ano de luta, guardas civis municipais de Aparecida de Goiânia conquistam reajuste dobrado de salário

Segundo presidente do sindicato da categoria, benefícios devem valer a partir de março

Na tarde da última terça-feira (5), o Sindicato dos Guardas Civis Municipais do Estado de Goiás (SINDGUARDAS) fechou importante acordo com a administração da cidade de Aparecida de Goiânia (GO). Apesar da luta de mais de 12 meses, com este acordo, o salário da corporação do município deve dobrar de valor. Os cerca de 500 guardas municipais receberão o benefício a partir da primeira semana de março.

Segundo o presidente do sindicato, Ronaldo Ferreira Egídio, o acordo, que veio após dezenas de assembleias com a categoria, reunião com administração, passeatas e acampamentos, estabelece adicional de risco de vida em 100%, que incidirá no RETGM.

“O Regime Especial de Trabalho da Guarda Municipal (RETGM), que era uma gratificação de 100% sobre o soldo do guarda, agora se vai incorporar a outros benefícios, como, por exemplo, o quinquênio, adicional noturno, incentivo e hora extra, se houver. Conseguimos elevar o [pagamento do] risco de vida para 100% e incidir o RETGM neste benefício, o que fará o salário duplicar”, explicou o presidente.

Com o risco de vida e o RETGM, os guardas devem ganhar aproximadamente R$ 4.030. Egídio, que também anunciou o Plano de Carreira, comentou sobre as próximas lutas da categoria.

“O Plano de Carreira será implantado em março e pago com retroativo de 2015 para cá. Agora, precisamos lutar por uma data-base inicial. Nosso plano tem progressão horizontal e vertical, mas não tem uma data base”, finalizou o dirigente.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)