Central dos Sindicatos Brasileiros

Sindicato de Pirapora presente na reunião sobre possíveis irregularidades nos repasses ao IPSEMP

Sindicato de Pirapora presente na reunião sobre possíveis irregularidades nos repasses ao IPSEMP

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Pirapora (SINDIPIRA), Ernaldina “Dina” Sousa Silva Rodrigues, participou, nesta segunda-feira (26) de uma reunião da Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal de Pirapora, atendendo convite do presidente da Comissão, Vereador João Maurício da Silva, e para tratar de possíveis irregularidades nos repasses financeiros do Executivo Municipal ao IPSEMP- o Instituto Previdência dos Servidores Municipais de Pirapora.

“Na reunião, tivemos conhecimento que há sete meses a Prefeitura não repassa a parte de contribuição funcional, ou seja, 11% do salário de cada servidor que é descontado mensalmente, bem como não repassa a parte dos 20% de responsabilidade do empregador”, contou Dina Rodrigues.

“A informação é de que em 2017, a Prefeitura repassou cerca de R$ 13 milhões ao Instituto e neste ano, apenas R$ 6 milhões. Consta ainda, que o IPSEMP está com um déficit de quase R$ 135 milhões, segundo informações dos representantes do Instituto”, completou a presidente do SINDIPIRA.

Além dessa dívida da Prefeitura, que pode comprometer o pagamento das obrigações da Entidade com a folha de aposentados e pensionistas, outra preocupação de boa parte dos presentes na reunião é a alíquota de 9% que é descontada do servidor que se encontra em auxílio-doença (como se fosse uma forma de “punir” o trabalhador por estar doente).

Outro assunto abordado na reunião, que igualmente preocupa, é fato dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate a Endemias contribuírem para o IPSEMP, porém sem direito a aposentadoria por aquele órgão ou pela Previdência Social – tema que tem gerado ações judiciais, na esfera federal, de servidores em idade de se aposentar.

Fonte: Feserp-MG

Compartilhe!