Central dos Sindicatos Brasileiros

CSB e trabalhadores rurais de Itaitinga debatem liberação de terras e campanha de sindicalização

CSB e trabalhadores rurais de Itaitinga debatem liberação de terras e campanha de sindicalização

Com de mais de 400 sindicalizados, reunião foi realizada nesta quinta-feira (9), na sede do sindicato, e contou com a participação do presidente da CSB Ceará, Francisco Moura

Em assembleia geral, a CSB, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Itaitinga (STTR), localizado no Ceará, e seus associados deliberaram sobre legalização para uso de terras, campanha de sindicalização e reformas do governo. A reunião foi realizada nesta quinta-feira (9), na sede do sindicato.

Os presentes aprovaram a continuidade da luta pela regulamentação do trabalho de quatro associações de produtores rurais às margens dos açudes Riachão e Gavião. As áreas, de propriedade estadual, são exploradas há mais de 30 anos para a garantia do sustento dos moradores da região. Agora, o governo ameaça a retirada de todos os trabalhadores.

“Estamos pleiteando o direito à concessão dessas terras para desenvolver as atividades da agricultura familiar. Nós só aceitamos sair se o estado oferecer alternativas dentro do município”, afirmou o presidente da entidade, Antônio Veranilson.

Na ocasião também houve o lançamento da campanha de sindicalização. Além de aumentar os esforços pela filiação, o sindicato irá oferecer descontos de até 80% para mensalidades em atraso. “O encerramento da campanha será no dia 22 de dezembro com um forró pé de serra”, informou o presidente.

Por fim, a assembleia aprovou a proposição do presidente da CSB Ceará e vice-presidente da CSB, Francisco Moura, de que o sindicato continue mobilizado pela derrubada das reformas trabalhista e da Previdência.

“É um retrocesso para o Brasil e um desrespeito ao trabalho da cidade e do campo, retirando direitos e conquistas históricas, angariados com muita luta e grandes mobilizações”, afirmou Moura.

Compartilhe!