Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS

A CSB-RS e as demais centrais sindicais do Rio Grande do Sul reuniram-se na manhã desta terça-feira (18), na sede do Sindibancários em Porto Alegre, com Nieve Thomet, diretora da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Genebra, e José Ribeiro, um dirigente da OIT no Brasil, para avaliar o impacto das enchentes que atingiram o estado no mercado de trabalho local.

O presidente da CSB-RS, Sérgio Arnoud, afirmou que o Estado tem uma grande defasagem de servidores para suprir a necessidade de atendimento à população, uma vez que há anos está sendo aplicado pelos governos estaduais uma política de “Estado mínimo”.

“A administração do RS vem perdendo funcionários e não vem repondo, causando uma grande carência, além de do fato de o quadro funcional estar envelhecido e com salários defasados. Uma prova disso é que houve reajuste de apenas 6% nos últimos 10 anos”, destacou.

Até hoje, as ruas de grande parte das cidades afetadas estão tomadas por lixo e entulhos levados pelas enchentes e serviços básicos como fornecimento de água e eletricidade não foram totalmente reestabelecidos.

Diante desse quadro, Arnoud disse que irá levar esses dados para discussão no Conselho do Plano Rio Grande, iniciativa do governo estadual para a reconstrução do Estado, pois acredita que é necessário um reaparelhamento imediato para o enfrentamento das dificuldades.

Relacionada: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande

O vice-presidente da CSB-RS, Antonio Roma, também participou da reunião e trouxe a informação de que cerca de 400 mil trabalhadores já perderam seus postos de trabalho, além do número quase imensurável de trabalhadores informais que perderam seu meio de sustento.

Os representantes da OIT se comprometeram em apoiar os trabalhadores afetados, planejando reuniões com federações e governos para buscar soluções efetivas nos próximos dias.

Compartilhe:

Leia mais
greve por redução de jornada
Três projetos sobre redução da jornada tramitam no Senado; pauta é histórica no sindicalismo
livro mpt conalis direito coletivo do trabalho
MPT abre seleção de artigos para livro sobre direito coletivo do trabalho; veja regras
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT