feserp-2

Feserp Minas repudia práticas antissindicais em Teófilo Otoni

Toda a nossa solidariedade e apoio aos companheiros e companheiras servidores públicos municipais de Teófilo Otoni e a direção do SINDISETO (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teófilo Otoni). Hoje, 6 de abril, completa 19 dias de Greve em Teófilo Otoni, onde nossos amigos e amigas servidoras enfrentam uma administração truculenta e indiferente ao sofrimento da categoria, que se encontra em estado de abandono e desmotivação com um longo período sem reposição salarial.

Existe total falta de abertura para apresentar a pauta de reivindicações e também lidar com o desprezo da Administração ao não cumprir a legalidade, afinal, negam pagar o Piso do Magistério.

Não restou outra alternativa a não ser a deflagração da Greve.

Contudo, a Administração Municipal de Teófilo Otoni vem exercendo a prática antissindical promovendo ameaças aos grevistas, como o corte de ponto, transferências de servidores e demissões.

Diante do cenário inadmissível, a Feserp Minas repudia veementemente a prática antissindical da gestão municipal de Teófilo Otoni, devido à perversidade e o descaso dessas ações. Exigimos a abertura de diálogo com objetividade, visando atitudes resolutivas para as demandas apresentadas pelo Sindicato.

A direção da Feserp Minas convoca todos os Sindicatos filiados para manifestarem apoio direto aos servidores e servidoras de Teófilo Otoni, para que a greve tenha o resultado digno à categoria e a justiça seja feita.

Cosme Nogueira
Presidente da Feserp Minas

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra