Renda per capita dos ricos subiu na crise

A renda per capita do conjunto dos contribuintes do Imposto de Renda da Pessoa Física caiu 3,3% em termos reais de 2014 a 2016, quando a economia brasileira enfrentou sua pior recessão. Mas, no segmento mais rico da população – formado por pessoas que ganhavam mais de 160 salários mínimos por mês (R$ 140,8 mil à época) -, a renda per capita cresceu 7,5% reais. O número de pessoas nesse segmento caiu, mas o total da renda subiu 2,2% em termos reais, indicativo de que a concentração de renda pode ter aumentado, diz o economista Sérgio Gobetti, do Ipea, com base em documento da Receita Federal.

Em 2013, 71.440 contribuintes com renda superior a 160 salários tiveram renda total de R$ 309,6 bilhões (salários mais aluguéis, ganhos de aplicações financeiras e lucros e dividendos). Em 2016, os contribuintes nessa faixa foram 67.934 e sua renda foi de R$ 399 bilhões.

O documento reforça a conclusão de que os mais ricos pagam muito pouco Imposto de Renda no país. A alíquota efetiva do IR em 2016 para o topo da pirâmide foi de apenas 6,1%, porque dois terços da renda nessa faixa eram isentos, provenientes principalmente de lucros e dividendos. O contribuinte desse grupo dispôs de renda média de R$ 5,873 milhões. Desses, R$ 3,805 milhões eram rendimentos isentos, R$ 1,390 milhão tributado exclusivamente na fonte (aplicações financeiras) e só R$ 677,9 mil tributáveis. Os que mais pagaram IR, com renda de 30 a 40 salários mínimos por mês, tiveram alíquota efetiva de 12,1%.

Fonte: Valor Econômico

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)