Prefeitura de Pirapora (MG) não cumpre acordo e servidores podem entrar em greve na segunda-feira (19)

Os servidores públicos municipais de Pirapora poderão entrar em greve a partir de segunda-feira (19 de março), contra o descumprimento, por parte da Prefeitura, do acordo firmado – que, inclusive, levou à suspensão da greve de janeiro. Na última sexta-feira (9 de março), a prefeita Marcella Machado (PSD) encaminhou à Câmara Municipal Projeto de Lei que altera alguns artigos da Lei 1.782/2005 (Estatuto do Servidor) e da Lei 2.258/2015 (do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores da Administração Geral), contemplando, portanto, apenas servidores das carreiras de Auxiliar de Serviços Gerais, Oficial de Serviços Públicos, Agente Administrativo, Assistente Técnico Administrativo, Analista Administrativo, Advogado Municipal, Assistente em Educação, Assistente Técnico Educacional, Analista Educacional, Agente de Políticas Sociais, Técnico de Nível Médio em Políticas Sociais e Técnico de Nível Superior em Políticas Sociais.

“As alterações nessas leis não foram discutidas com os servidores e não levaram em consideração as propostas apresentadas pelos trabalhadores em reunião da categoria e na Audiência Pública realizada na Câmara no dia 27 de fevereiro (foto). Além disso, as propostas de alterações das Leis 2.259 (Servidores da Educação), 2.260 (Servidores da Saúde) e 2196 (Guarda Municipal) não foram encaminhadas ao Legislativo para votação”, explica a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Pirapora (SINDIPIRA), Ernaldina “Dina” Sousa Silva Rodrigues. “Com essa atitude, suspeitamos que a Administração Municipal possa estar privilegiando determinadas carreiras em detrimento dos servidores da Educação, da Saúde e da Guarda Municipal”, completou.

Diante disso, a direção do SINDIPIRA convocou uma Assembleia extraordinária para esta quarta-feira (14 de março), para discutir a retomada das ações de greve.

Fonte: FESERP/MG

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)