Funcionários da AMAC/Juiz de Fora aprovam nova paralisação a partir do dia 10/04

Os funcionários da AMAC/Juiz de Fora aprovaram nova paralisação com indicativo de greve para o dia 10 de abril. A categoria reivindica o cumprimento do acordo que garante a recomposição salarial do IPCA 2016/2017 concedido aos servidores da PJF.

Em uma decisão inédita, os funcionários paralisados, reunidos no Parque Halfeld na última sexta-feira (23 de março), ocuparam o plenário da Câmara. Eles aproveitaram a oportunidade da presença dos vereadores no plenário e foram cobrar a realização da audiência pública relacionada ao chamamento público que havia sido cancelada anteriormente. Graças à iniciativa, os vereadores deliberaram a realização da audiência para o dia 17/04.

No encontro no plenário, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF), Amarildo Romanazzi, informou aos vereadores sobre a paralisação dos trabalhadores e sobre a possibilidade iminente de greve. Diante disso, o presidente da Câmara, Rodrigo Mattos (PSDB), propôs a criação de uma comissão de vereadores para intervir junto ao Executivo para que fosse solucionado o impasse sobre a recomposição salarial da categoria. Em reunião ficou decidido que a comissão – formada pelos vereadores Betão (PT), Marlos (MDB) e Sargento Casal (PTC) -, seriam os interlocutores junto ao Executivo.

De volta à assembleia no Parque Halfeld, o presidente Amarildo lembrou sobre a importância da mobilização, lembrando que todos os avanços alcançados até então ocorreram graças à pressão dos trabalhadores. Em votação, a categoria aprovou nova paralisação com indicativo de greve, caso a recomposição salarial não seja cumprida até o dia 6 de abril.

Fonte: FESERP/MG

Compartilhe:

Leia mais
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto sobre Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto