Enquete do PMDB aponta que 96% da população rejeita reforma da Previdência

Até as 14h15 desta segunda-feira (15), 39.708 pessoas tinham participado da pesquisa

A rejeição à reforma da Previdência aumenta a cada dia e agora é praticamente uma unanimidade. De acordo com enquete pública disponibilizada pelo site do PMDB, 96% da população brasileira é contra a proposta aprovada pela comissão especial da Câmara dos Deputados. O levantamento da legenda é público e qualquer interessado pode responder.

Até as 14h15 desta segunda-feira (15), 39.708 pessoas tinham participado da pesquisa. Do total, 38.317 internautas declararam-se contra (96%). Apenas 646 a favor (2%). Outros 586 (1%) alegaram não ter conhecimento e 159 (1%) preferiram não opinar.

A todos os entrevistados foi feita a mesma pergunta: “Qual a sua opinião sobre o texto da Reforma da Previdência aprovado na Comissão Especial?”.

Para o presidente da CSB, a população já entendeu os malefícios do projeto. “O povo brasileiro não é bobo, não adianta virem com propagandas enganosas. Quando se mexe com os direitos adquiridos dos trabalhadores, é preciso reagir. E nós, do movimento sindical, estamos aqui para alertar a sociedade sobre os riscos dessas propostas. Junto com o povo, o movimento sindical continuará lutando contra esses retrocessos”, disse Antonio Neto.

Para responder à enquete, clique aqui. A pesquisa está no final da página principal do site.

 

Compartilhe:

Leia mais
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto que altera regras do Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto
Ministro Carlos Lupi e José Avelino Pereira Sinab CSB
Presidente do Sinab assume posto no Conselho Nacional de Previdência Social