CSB-Paraná se encontra com a Secretária do Trabalho de Curitiba

Na reunião, a representante do SMTE expôs o cenário da atual gestão

O coordenador-geral da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Juvenal Pedro Cim e  representantes de outras  centrais sindicais estiveram reunidos com a vice-prefeita de Curitiba e secretária municipal do Trabalho e Emprego (SMTE), Mirian Gonçalves. Ela apresentou aos dirigentes sindicais um diagnóstico inicial da secretaria que pautará a gestão para os próximos 100 dias.

De acordo com o coordenador-geral CSB no Estado, entre as propostas apresentadas pelos representantes das centrais sindicais estão a definição de orçamento específico para qualificação dos trabalhadores e a criação de um Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico Social com a participação de todas as centrais.

“O mercado de trabalho em Curitiba está exigindo dos trabalhadores maior qualificação”. Segundo Juvenal Cim, inúmeras vagas de emprego deixam de ser preenchidas por que o candidato não tem conhecimento e qualificação necessários para ocupar o posto de trabalho oferecido. Para o dirigente da CSB, o investimento em qualificação deve ser uma das prioridades da Secretaria Munuicipal do Trabalho

A secretária do Trabalho reafirmou que a participação e o diálogo franco e aberto com os representantes de todas as centrais serão a sua marca à frente da SMTE. Outro objetivo é elaborar uma agenda de trabalho em conjunto com o Estado, estreitando a relação institucional em prol dos interesses dos trabalhadores.

Mirian Gonçalves informou aos sindicalistas a intenção de melhorar o espaço físico dos postos do Sine, que funcionam nas Ruas da Cidadania. Ela também informou que a sede da secretaria mudará em breve da Rua Barão do Rio Branco, onde não dispõe de condições adequadas de trabalho, para a Rua da Glória.

Além de Juvenal Cim, também  participaram do encontro o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Paulo Rossi; da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), Denilson Pestana da Costa; o diretor da Força Sindical, Nelson Silva de Souza; e o presidente da Central Geral dos Trabalhadores no Paraná (CGTB), Paulo Langner. A Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT) justificou a ausência, afirmando que estava envolvida em outras atividades.

Fonte: CSB-Paraná

Compartilhe:

Leia mais
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"
lula critica campos neto
Lula diz que Campos Neto tem lado político e trabalha para prejudicar o país
campos neto presidente bc
Procurador pede investigação sobre influência de bancos na definição dos juros pelo BC
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se
CSB-RS conselho plano rio grande
Reconstrução do RS: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande
distribuição extra fgts
Após acordo com centrais, governo fará distribuição extra do FGTS aos trabalhadores