3a-vara-presidente-prudente_-CSB

Comitiva se reúne com presidente do TRT da 15ª Região para discutir a instalação de 3ª Vara do Trabalho em Presidente Prudente (SP)

Criação da Vara daria mais agilidade para os processos trabalhistas na região

Uma comitiva formada por autoridades de Presidente Prudente, no interior paulista, se reuniu nesta segunda-feira (11), na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, com o presidente, o desembargador Fernando da Silva Borges, para solicitar a instalação da 3ª Vara do Trabalho no Fórum Trabalhista de Presidente Prudente.

A comitiva é formada pelo prefeito Nelson Bugalho, juízes locais, membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), parlamentares e de Paulo Oliveira, presidente do Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio e de Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas e em Empresas de Serviços Contábeis de Presidente Prudente e Região (SEAAC), que representa do movimento sindical da região.

Para Oliveira, a vinda da nova Vara, que é uma demanda antiga do município, trará benefícios para os trabalhadores de toda a região.


“Isso agilizaria o atendimento ao trabalhador, uma vez que temos uma demanda represada em Presidente Prudente, com audiências sendo marcadas de seis a oito meses a partir do ingresso do processo. Uma terceira Vara poderia promover uma agilidade da Justiça e de fato trazer uma resposta mais rápida aos anseios do trabalhador”, falou Oliveira, que também é 1º secretário de Organização e Mobilização da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

Com a possibilidade da transferência da Vara de Rancharia, município da região de Presidente Prudente, as autoridades não descartam a possibilidade do pedido de transferência para Prudente.

“Diante do critério do Tribunal em fazer a transferência da cidade de Rancharia, poderiam trazê-lo para Prudente, que continuaria servindo os trabalhadores de Rancharia e atenderia uma demanda da região. Temos uma sede nova, moderna e já preparada para receber esta terceira Vara”, finalizou Paulo Oliveira.

Segundo estudos apresentados por juízes do Trabalho, a Justiça do Trabalho de Prudente necessita de mais uma unidade e tem apresentado índices de produtividade acima da média. Além disso, a cidade possui instalações amplas e projetadas para abrigar uma 3ª Vara.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra