Arábia Saudita suspende importação de carne de frango de 33 frigoríficos do Brasil

Medida pode ser início de barreiras impostas após transferência de embaixada brasileira em Israel

A Arábia Saudita, maior importadora de carne de frango do Brasil, desabilitou cinco frigoríficos da lista dos exportadores brasileiros para o país árabe.

Dos 58 frigoríficos habilitados a exportar para Arábia Saudita, restaram, portanto, apenas 25 com autorização, mas nem todos efetivamente vendem para ao país.

Entre as unidades descredenciadas pelos árabes estão frigoríficos da BRF e JBS, empresas bastante atuantes no setor.

O governo brasileiro recebeu uma mensagem dos árabes comunicando o descredenciamento.

De acordo com pessoa do setor de avicultura ouvidas pela coluna, suspeita-se que a retirada de empresas brasileiras do mercado da Arábia Saudita possa ser o começo das barreiras econômicas colocadas devido intenção de transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv  para Jerusalém, em Israel.

A Arábia Saudita ficou com 14% das exportações de carne de frango do Brasil no ano passado. A China, segunda maior importadora, ficou com 11%.

Fonte: Folha de S. Paulo

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"