apenas2

Apenas uma Chapa se inscreve para a eleição do Sindpd

O prazo para inscrição de chapas na eleição do Sindpd se encerrou no dia 16 de maio, conforme determina o estatuto da entidade e o edital publicado no Jornal O Estado de São Paulo. A Chapa 1, liderada por Antonio Neto, foi a única que efetuou o registro para concorrer ao pleito.

O roteiro e horário das urnas serão divulgados 10 dias da votação, conforme estabelece o artigo 73 do Estatuto da entidade.

A participação dos associados no processo eleitoral é fundamental para o fortalecimento da categoria. O Sindpd é um dos poucos sindicatos do país que conta com um número significativo de associados, fato que tem sido decisivo na luta em prol dos direitos do trabalhador.

Veja quem pode votar

O artigo 90 do Estatuto do Sindpd determina as condições para o voto:

É eleitor o associado regularmente inscrito no Sindpd, que até 30 dias antes do Pleito preencha os seguintes requesitos:

I –  Estar inscrito no quadro social há mais de 6 meses;

II – Estar em pleno gozo dos direitos estatuários;

III – Estar quite com as contribuições regulares estabelecidas no Estatuto;

Parágrafo único – o direito de voto é assegurado ao associado aposentado, o desempregado e o afastado do trabalho para prestação de serviço militar ou em gozo de benefício previdenciário, devendo em qualquer hipótese comprovar essa situação perante o Sindpd, em até 30 dias antes da realização da eleição.

Saiba mais

Para conhecer mais sobre a Chapa 1, suas conquistas em gestões anteriores e suas propostas para o próximo mandato, acesse o hot site.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra