lila

Temendo derrota, Lira adia votação de reforma administrativa

A previsão era que a proposta fosse votada na comissão nesta quinta. Lira, no entanto, reuniu-se na manhã desta quinta com o presidente da comissão, deputado Fernando Monteiro (PP-PE), e o relator, Arthur de Oliveira Maia (DEM-BA).

Eles avaliaram que ainda não há como garantir a aprovação da PEC, que precisa de, no mínimo, 308 votos favoráveis no Plenário, em votação em dois turnos. Assim, decidiram pelo adiamento das decisões.

Na conversa, os três combinaram que a votação na comissão ocorrerá na terça da semana que vem. Caso seja aprovada, ela vai para pauta do Plenário no dia seguinte.

Mobilização de Servidores e Sindicatos aumenta pressão sobre congressistas

Servidores e parlamentares das frentes contrárias à Reforma Administrativa falaram nesta quinta-feira (16), ao vivo, direto da Câmara dos Deputados, em Brasília. Abordaram a mobilização e o vitorioso adiamento da votação da PEC-32 na comissão especial da Câmara.

O clima é de comemoração, porém sabe-se que é uma vitória pontual e que esta luta precisa prosseguir.

Parlamentares destacam que a mobilização ampliou muito e que deputados e senadores estão percebendo isso e que a campanha tem que continuar e crescer: quem votar, não volta, defendem.

Muitos ressaltam que parlamentares governistas vêm falando em ‘robôs’ nas redes sociais contra a ‘reforma’, o que demonstra que a campanha está forte e cresceu, pois “não há robôs”.

Com informações do portal Metrópoles e Brasil Independente

 

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra