Servidores Públicos de Guararema estão em greve

FESSPMESP – Os Servidores Municipais de Guararema não aprovaram em assembleia a proposta da prefeitura, por isso entraram em greve por melhores salários e condições de trabalho.

Os trabalhadores aguardam a nova proposta da administração municipal.

“Recebemos uma Decisão Judicial coloca a retomada da negociação na próxima quinta-feira, que cancelaria nossa greve. Em cumprimento a esta decisão, retornamos ao estado de greve, após a reunião, teremos uma nova assembleia na sexta, caso não aprove novamente, a greve volta na segunda.”

Ressalta Cristiano, diretor do Sindicato dos Servidores de Mogi das Cruzes, que detém a base e representa os Servidores de Guararema.

A FESSPMESP transmite o seu total apoio aos Servidores de guararema, ao Ferrugem, presidente do Sind. Serv. Mogi das Cruzes, ao seu diretor Cristiano e agradece a presença de Cláudio Aparecido dos Santos, o Ted, tesoureiro da FESSPMESP e o assessor Claudio Matsuda.

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"