Greve dos entregadores: paralisação em SP acontece na sede da Uber

UOL – Entregadores e motoristas de aplicativos marcaram para esta terça-feira (29) uma paralisação de um dia por melhoria nos ganhos e nas condições de trabalho em empresas como Uber, 99 e iFood.

Organizadores dizem que os protestos terão alcance nacional, com mobilização em todas as capitais. Trabalhadores de Santos, Ribeirão Preto, Campinas (SP), Campos, Volta Redonda, Região dos Lagos (RJ) e Juiz de Fora (MG) também vão aderir à manifestação.

Em São Paulo, o ponto de encontro será na sede do Uber, no Parque Industrial Tomas Edson, na região da Barra Funda. No Rio de Janeiro, os profissionais sairão do aeroporto Santos Dumont rumo ao escritório do Uber, localizado na avenida Presidente Vargas.

O início do ato está previsto para as 8h em todo o país.

Segundo os trabalhadores de apps, os recentes aumentos no preço dos combustíveis diminuíram os ganhos com corridas e entregas. As demandas incluem, por exemplo, reajuste que reponha as altas recentes do GNV (Gás Natural Veicular), corrida mínima no valor de R$ 10 e regulamentação da profissão .

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)