Central dos Sindicatos Brasileiros

CSB critica reforma da Previdência em ato público na Câmara dos Deputados

CSB critica reforma da Previdência em ato público na Câmara dos Deputados

Diretor do Sindicato dos Taxistas do Estado do Ceará e vice-presidente da CSB, Francisco Albuquerque Moura, discursou no evento

Parlamentares e representantes de diversas entidades, inclusive a CSB, participaram de ato público contra a reforma da Previdência (PEC 287/2016). O debate foi realizado nesta terça-feira (6) no Plenário 2 da Câmara dos Deputados

O diretor do Sindicato dos Taxistas do Estado do Ceará e vice-presidente da CSB, Francisco Albuquerque Moura, reforçou que a Central é totalmente contra a reforma. “O governo está querendo deformar e não reformar. Está querendo acabar, inclusive, com o direito do trabalhador de [se] aposentar no Brasil porque o interesse dele é de entregar a Previdência Social na mão dos banqueiros”, condenou.

Moura frisou que o Executivo quer “privatizar a Previdência para que as seguradoras e os bancos venham a ter lucros exorbitantes” e registrou que, caso seja aprovado o texto, a aposentadoria se tornaria um privilégio de poucos.

O também presidente da CSB CE salientou ainda que as entidades representativas, os movimentos populares e de mulheres, as centrais, os sindicatos estarão “mobilizados para barrar mais essa tentativa de destruir o Brasil, mais esse golpe contra o trabalhador brasileiro”.

Compartilhe!