Central dos Sindicatos Brasileiros cresce mais de 11 vezes

Instituição saltou de 35 entidades filiadas para 408 neste período

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) cresceu mais de 11 vezes em pouco mais de um ano. A instituição saltou dos 35 sindicatos filiados em novembro de 2011 para 385 em fevereiro de 2013. Além disso, 23 federações se vincularam à central, totalizando 408 entidades na base.

A meta da CSB é chegar ao final de 2013 com mil instituições filiadas e de ser uma das três maiores centrais sindicais do País em até dois anos. Mais de 140 sindicatos já entraram com o processo de filiação e aguardam validação do Ministério do Trabalho e Emprego.

Para o presidente da CSB, Antonio Neto, esse crescimento é resultado da nova forma de sindicalismo adotada pela organização. “Estes números representam a sintonia de nossa proposta com a necessidade dos trabalhadores e do povo brasileiro. Somos uma central nacionalista, desenvolvimentista, mas, acima de tudo, comprometida com o povo. Estamos construindo uma alternativa sindical. Nossa central é a que mais cresce no país. Isso é reflexo da seriedade com que trabalhamos e das bandeiras que defendemos”.

Fundamentada na pluralidade e no apartidarismo, a CSB prioriza a discussão de questões como o fortalecimento dos sindicatos, em defesa da unicidade sindical e da contribuição compulsória; a ampliação dos direitos e da renda do trabalhador; redução da jornada de trabalho sem redução dos salários; e o fim do fator previdenciário.

A CSB promoverá no final de fevereiro uma ação no Congresso Nacional para tentar destravar a pauta trabalhista. “Nossa principal batalha é para ampliar os direitos. Não precisamos de uma indústria ou agricultura competitiva baseada em escravos. Precisamos de um setor produtivo capaz de alavancar a riqueza nacional com base no conhecimento, na inovação e na ampliação tecnológica da produtividade. Somente a valorização do trabalhador fará com que o Brasil mantenha seu rumo no caminho correto”, disse Neto.

Compartilhe:

Leia mais
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"
lula critica campos neto
Lula diz que Campos Neto tem lado político e trabalha para prejudicar o país
campos neto presidente bc
Procurador pede investigação sobre influência de bancos na definição dos juros pelo BC
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se
CSB-RS conselho plano rio grande
Reconstrução do RS: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande
distribuição extra fgts
Após acordo com centrais, governo fará distribuição extra do FGTS aos trabalhadores