CSB promove seminário para debater desafios e futuro dos sindicatos

Passados cinco anos da Reforma Trabalhista, já é possível observar que todos os alertas sobre a precarização das condições de trabalho se tornaram realidade, e que a promessa de expansão do emprego não passava de uma desculpa para combater a resistência da sociedade ao que claramente seria um retrocesso. Para refletir sobre esses retrocessos e o futuro dos sindicatos no país, a CSB promoverá um seminário online com líderes políticos e sindicais no dia 22 de novembro. 

INSCREVA-SE AQUI!

Após abertura do presidente da CSB, Antonio Neto, o primeiro painel discutirá o cenário do país após o governo de Jair Bolsonaro, que chegou a extinguir o Ministério do Trabalho e se elegeu dizendo que as pessoas teriam que escolher entre ter direitos ou emprego.  

Foi durante sua administração, por exemplo, que o Brasil atingiu índices recordes de informalidade e, em 2021, alcançou o menor número de negociações coletivas desde 2010.                                                                                                                                        

A raiz e a saída para os desafios enfrentados pelos sindicatos serão o foco do segundo painel, que abordará como a mudança no modelo de financiamento das entidades com a Reforma Trabalhista de 2017 levou a uma queda abrupta na arrecadação, com graves consequências não apenas para sindicatos e seus filiados, mas para categorias profissionais inteiras.  

Conforme dados do Ministério da Economia, a receita dos sindicatos de trabalhadores em 2021 foi 99% menor do que em 2017, obrigando as entidades a seguir suas atividades em defesa dos trabalhadores com apenas 1% do orçamento pré-reforma. Já em 2018, logo após alteração da lei, a redução foi de 90,75%. 

Diante disso, o objetivo do painel é discutir caminhos e estratégias para que o movimento sindical recupere o protagonismo e possa expandir o seu papel essencial não apenas junto aos trabalhadores, mas na luta por justiça social. 

Após a exposição, dirigentes e sindicatos filiados da CSB promoverão ao final um debate sobre os próximos passos da central e o planejamento das atividades para o ano que vem.

Compartilhe:

Leia mais
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto que altera regras do Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto
Ministro Carlos Lupi e José Avelino Pereira Sinab CSB
Presidente do Sinab assume posto no Conselho Nacional de Previdência Social