Sindicato e servidores do IPSEMG mostram força no primeiro dia de greve da categoria

Nesta sexta-feira (23/2), os servidores do IPSEMG lotaram a portaria principal do HGIP e realizaram uma grande manifestação em defesa dos direitos da categoria, com a adesão de todos os setores do Instituto.

A mobilização, neste primeiro dia de greve, acontece desde o início da manhã, com intensa cobertura dos principais veículos de comunicação de Minas Gerais.

Durante a concentração no HGIP, a diretoria do sindicato e os membros do comando de greve informaram os detalhes da reunião de ontem e esclareceram todas as dúvidas dos servidores a respeito das negociações com o governo.

Conforme informamos nessa quinta-feira (22/2), na reunião o governo se mostrou favorável em atender alguns itens da pauta de reivindicações dos servidores, mas ainda não apresentou uma proposta formal ao Sindicato.

Uma nova reunião já está agendada para a próxima quarta-feira (28/2), para que a proposta concreta seja apresentada aos servidores. Até a data, a categoria segue fortemente mobilizada em greve, trabalhando com escala mínima de 30%, em todas unidades da capital e do interior.

Na próxima segunda-feira (26/2), realizaremos mais uma grande manifestação na Portaria do HGIP, a partir das 7 horas da manhã.

Servidor, venha para a luta! Vamos mostrar ao governo a união, a força da nossa categoria e deixar claro que não aceitaremos o descaso e a discriminação com os servidores do IPSEMG.

O SISIPSEMG parabeniza todos os servidores que estão mobilizados e empenhados na luta pelos direitos da classe.

Pontos abordados pelo governo na reunião de ontem:

O governo se dispôs a conceder uma ajuda de custo, por dia trabalhado, para os servidores diaristas e plantonistas do IPSEMG – vinculada a um plano de metas e resultados, nos mesmos parâmetros concedidos a outros órgãos do Estado. O valor entrará na folha de março para ser pago em abril. O plano de metas ainda será apresentado pelo IPSEMG na reunião da próxima quarta-feira.

* Vale ressaltar que os critérios mencionados acima foram propostos pelo governo, o SISIPSEMG segue negociando para que todos os servidores ativos e aposentados sejam contemplados com o benefício.

Em relação à redução da carga horária para 30 horas, O IPSEMG informou que o estudo será apresentado no dia 28.

O governo também se comprometeu a incluir no mês de março – para ser pago em abril, o vale alimentação para os trabalhadores do setor de raio X.

Na próxima reunião, O IPSEMG apresentará também um cronograma de pagamento para as verbas retidas dos servidores.

O governo se comprometeu, ainda, a concluir o plano de carreira da categoria até o dia 30 de março.

Fonte: SISIPSEMG

Compartilhe:

Leia mais
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto sobre Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto