Piso salarial da enfermagem: sindicatos fazem protesto pela aplicação em MG

Piso salarial da enfermagem – Em apoio ao Dia Nacional de Luta pela aplicabilidade do Piso Nacional para os profissionais de Enfermagem, a Feserp Minas marcou presença em diversos atos por todo o estado de Minas Gerais.  

Em Juiz de Fora, o presidente da Federação, Cosme Nogueira, participou de uma mobilização organizada em conjunto pelo Sinserpu-JF (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora) e pela Ameta (Associação dos Servidores Públicos de Juiz de Fora).  

A atividade teve início às 9h nas escadarias da Câmara Municipal, onde ocorreu uma assembleia entre o Sinserpu, a categoria e demais servidores sindicalizados. Durante a assembleia, foi aprovado o início de uma possível greve a partir do dia 10 de março, caso a suspensão da aplicação do piso salarial da enfermagem pelo Supremo Tribunal Federal (STF) continue. 

Após a assembleia, os manifestantes saíram em passeata pelas ruas do centro da cidade e fizeram uma parada em frente ao Fórum Benjamin Colucci em meio ao trajeto. 

Em seguida, a passeata seguiu em direção ao prédio da Prefeitura Municipal, local onde o trânsito foi fechado pelos manifestantes em protesto contra a Administração Municipal, que fechou os portões, impedindo a entrada.  

Nas dependências do Paço Municipal, os secretários Rogério Freitas (Recursos Humanos) e Dr. Ivan Chebli (Saúde) assumiram o compromisso de que a prefeita Margarida Salomão autorizará o pagamento do piso salarial da enfermagem assim que o STF vetar a suspensão, caso esteja de acordo com o orçamento de Juiz de Fora. 

Outras reivindicações também foram apresentadas pelos manifestantes. A principal delas foi uma cobrança veemente em relação à morosidade da Prefeitura em atender às demandas da categoria. 

Durante seu discurso, Cosme Nogueira destacou a importância de envolver os parlamentares numa ação de pressão ao STF para deliberar rapidamente sobre a aplicabilidade do piso salarial da enfermagem. 

Confira também: Servidores de agências reguladoras denunciam descaso e pedem mais concursos

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)