size_590_carteira_de_trabalho

Moradores de Caxias recebem Carteira de Trabalho digital

Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda está recolhendo inscrições de interessados em fazer a primeira ou segunda via do documento

Rio de Janeiro – Moradores do município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, começam a receber hoje (14) as primeiras carteiras de Trabalho digitais. Desde o último dia 23, a Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda vem recolhendo inscrições de interessados em fazer a primeira ou segunda via do documento. Um ônibus itinerante da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico e Políticas Sociais (Fundec) recebe pedido de cidadãos de quatro distritos do município. Até o momento, cerca de 500 pessoas se candidataram para receber o documento.

A nova carteira demora em média 20 dias para ficar pronta, além de ter tarja magnética e numeração única para todas as vias. O documento, que se assemelha a um passaporte, foi lançado em janeiro pelo Ministério do Trabalho.

O secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda de Caxias, Ezequiel Domingues Lourenço, destacou que o objetivo é diminuir ainda mais esse prazo. “Vamos começar a tentar entregar a carteira em dez dias”, disse. “Com essa carteira, a pessoa terá facilidades no futuro até mesmo para retirar uma segunda via em qualquer lugar, só vai precisar fornecer o nome e o número do CPF [Cadastro de Pessoas Físicas]. Não vai precisar mais bater [os dados] nem de foto. Tudo já estará pronto definitivamente”, acrescentou.

Os interessados em obter o documento podem procurar o ônibus itinerante com CPF, carteira de identidade, título de eleitor, comprovante de residência e a carteira profissional antiga, se tiver. Para buscar o documento pronto, é preciso agendar pelo número 3661-9688.

Morador de Xerém, distrito do município, o operário da construção civil Genival Silva Gomes, de 39 anos, contou que precisava de uma carteira nova, pois a antiga está repleta de anotações. “A minha está cheia de anotações e precisava com urgência da nova Carteira [de Trabalho]. Estou aguardando uma chamada de emprego nos próximos dias. Economizei tempo e dinheiro, além de não precisar acordar muito cedo e ter que ir ao centro da cidade”, disse.

Fonte: Exame

Compartilhe:

Leia mais
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende fortalecimento dos sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas (RS) começam a negociar acordos em novo cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra
carteira vazia contas a pagar salário mínimo
Salário mínimo no BR é menos da metade do valor necessário para garantir vida digna
reajuste salarial TI Paraná
Trabalhadores de TI do Paraná terão 5% de aumento salarial; veja pisos de cada função
assembleia feserp mg
Feserp-MG convoca sindicatos para assembleia de reformulação do estatuto
instrutor de yoga entra na cbo
Ufólogo, instrutor de yoga e outras 17 ocupações são incluídas na CBO