FSM convoca trabalhadores para Dia Mundial em Defesa dos Direitos Sociais

A Federação Sindical Mundial (FSM) realiza, no dia 03 de outubro, o Dia Mundial em Defesa dos Direitos Sociais. O objetivo do evento é reunir os trabalhadores para lutar por melhores condições de vida. Para a FSM, toda a população deve ter direito às necessidades básicas como nutrição, água, abrigo, remédios e roupas. No Brasil, a CSP, que é filiada à FSM, também realizará ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores.

Confira as questões defendidas pela FSM:

Alimentação – A produção de alimentos deve ser formulada com base nas necessidades nutricionais das pessoas e não os lucros dos monopólios. Ao aproveitar o potencial produtivo de cada país, é possível produzir alimentos de alta qualidade, segura e barata.

Aguá Potável – O monitoramento da qualidade da água deve ser realizada por autoridades públicas, que devem tomar medidas eficazes para todas as ações corretivas.

Medicamentos –  A FSM acredita que a saúde não está à venda. A vida dos trabalhadores não pode ser usado para os benefícios e para a especulação.

Habitação – Toda a população têm direito à moradia. O que significa que todos os pessoas, independentemente da renda.

Educação – A FSM luta por livros gratuitos para todos os alunos e estudantes.

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"