csb-rs-fessergs-ipe-assembleia

Fórum Permanente em Defesa do IPE solicita que presidente da AL intermedeie audiência com governador

Servidores Municipais, Estaduais e Federais em Defesa do IPE-Saúde

 

Em audiência com a vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputada Zilá Breitenbach, em nome de um dos Grupos de Gestores Executivos de Acompanhamentos de Debates – GEADs – 2019 e do Fórum Permanente em Defesa do IPE-Saúde, foi protocolado ofício solicitando que seja intermediada com urgência uma reunião com o governador do Estado, Eduardo Leite. Mais uma vez foi relatada a situação do IPE-Saúde que permanece com uma diretoria interina apesar da atual administração já fechar quase seis meses. A deputada mostrou surpresa com a situação, relatando que acreditava que que o nome do novo diretor já tinha sido anunciado. Zilá concordou com a importância do plano para os servidores públicos e garantiu seu empenho em levar o assunto ao presidente Luís Augusto Lara e ao colega de partido o governado Leite.

Assinam o ofício o presidente e o relator da Comissão do GEADs – 2019, que faz parte do Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional, Sérgio Arnoud e Nelcir André Varnier e as seguintes entidades que compõem o Fórum Permanente em Defesa do IPE até o momento: CSB RS, CGTB-RS, Femergs, Fessergs, Sindiperícias Rio G Sul, SISDAER, Sintergs – Sindicato dos Servidores de Nível Superior – RS, Afagro RS, SindiGeral, Sindissama Saude, Abergs Bombeiros Rs, ABAMF BM, Aofergs Aofergs, Asstbm Brigada Militar, Amapergs Sindicato, Sind. dos Professores de São Pedro do Sul, Sind. dos Professores de Santo Ângelo, SINFERS, Sindispge/RS, Sindisirga e SindCivis.

O documento foi aprovado na tarde desta quarta-feira durante a segunda reunião do Fórum Permanente em Defesa do IPE-Saúde, realizada na Sala de Convergência da Assembleia Legislativa, que antecedeu a audiência. Durante o encontro houve uma explanação do ex-diretor médico do IPE, Dr. Antônio de Pádua Vargas Alves que reiterou sua preocupação com a demora de um gestor que responda formalmente pela administração de um plano de saúde com o tamanho e a importância do IPE-Saúde, da presidente do Sindissama – Saúde, Márcia Elisa Trindade que alertou sobre a sobrecarga que a privatização da saúde pode gerar se os servidores estaduais migrarem para o SUS. Por fim foi ouvido um representante da CAGE – Contadoria e Auditoria-Geral do Estado, o Auditor Francisco Peres,que trouxe informações acerca dos imóveis do IPERGS que estão sendo vendidos na forma de leilões, quando deveria ser feita licitação. “A última avaliação data de 2010. De lá para cá não houve atualização. Desta forma o que foi vendido deve ser reavaliado e o valor reembolsado ao Instituto de Previdência.”

O Fórum terá reuniões em princípio semanais e está aberto a adesão de mais entidades. O próximo encontro será divulgado em breve. “Esperamos que nossa próxima reunião seja com o governador em audiência informando o nome do diretor do IPE-Saúde. Não vamos desistir do nosso IPE. Agora que unimos forças estamos mais fortes e vamos em frente lutar para manter saudável o Instituto de Previdência. Um milhão de segurados aguardam uma solução”, afirmou o presidente da Fessergs, Sérgio Arnoud.

Fonte: Fessergs

Tatiana Danieli
Jornalista Diplomada – MTB 8781

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra