Central dos Sindicatos Brasileiros

Em Flórida, 400 funcionários de usina reivindicam salários atrasados

Em Flórida, 400 funcionários de usina reivindicam salários atrasados

Usina Floralco encerrou as atividades em dezembro

Em Flórida Paulista, cerca de 4000 trabalhadores rurais da Usina Floralco realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira (1º) nas principais ruas da cidade. O objetivo foi de sensibilizar os donos da empresa a liberarem o pagamento em atraso dos 1.200 funcionários.

Eles estão sem receber a segunda parcela do 13º salário, os vencimentos de dezembro e janeiro, além de cestas básicas. Todos permanecem de licença remunerada desde o dia 12 de dezembro de 2012.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Empregados Rurais, Daniel Belarmino Ferreira, uma audiência no Fórum Distrital de Flórida Paulista foi realizada nessa quinta-feira (31) entre representantes do quadro de funcionários e da usina, mas até o momento, o impasse continua.

“Existem algumas possiblidades, como a venda da empresa, mas mesmo com a venda, não há liberação imediata do dinheiro. Por enquanto estamos aguardando uma medida judicial”, relata.

A CSB noticiou o fechamento da Usina de Floralco em matéria publicada no site da Central. Desde 2010 a empresa está em recuperação judicial, e os milhares de trabalhadores permanecem desamparados. Leia a íntegra da matéria da CSB clicando aqui.

Be Sociable, Share!