WhatsApp-Image-2017-08-10-at-19.39.01

CSB participa de debate sobre a reforma da Previdência com senador Paulo Paim

Encontro foi realizado em Porto Alegre (RS) na tarde da última quinta-feira (10)

A 1ª secretária da Mulher da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Eliane Gerber, participou na tarde desta quinta-feira (10), na sede da Associação dos Servidores do Hospital das Clínicas, em Porto Alegre (RS), de um debate sobre a reforma da Previdência, que contou com a participação do senador Paulo Paim (PT-RS).

Durante o evento, que teve a participação de trabalhadores, sindicalistas e sociedade civil, o parlamentar explicou pontos da reforma da Previdência e algumas ações que ele tem feito para barrá-lá.

“O Senador falou do lançamento da Frente Parlamentar mista em defesa da Previdência Social, que é uma iniciativa dele e que congregou entidades de todas as esferas para defender a manutenção dos direitos sociais. Foi explicado o mito do déficit da Previdência e para onde cada recolhimento vai. Ele falou também sobre a idade mínima, diferenças de regras de homem para mulher, aposentadoria especial e Previdência rural, além de mostrar dados sobre os prejuízos causados pelas políticas de renúncias fiscais e desoneração das desvinculações das receitas, conhecida como DRU”, disse Eliane.

Segundo a diretora da CSB, que também é presidente do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio Grande do Sul (SASERS), Paim ainda apresentou uma cartilha da Frente Ampla Brasil e convidou todos a fazer parte dessa iniciativa.

“O senador também apresentou dois projetos que farão com que essa reforma vá sendo empurrada para frente, de tal forma que o cenário do ano que vem consiga desestimular essa turma que apoia o governo de Temer. Como é uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), eles vão precisar de muitos votos”, completou a dirigente, que ainda comentou a importância da realização do evento.

“Essas palestras são importantes para o esclarecimento da população. O governo Temer engana o povo com números inexistentes sobre a Seguridade Social e, por isso, é tão importante abrir a caixa preta, os números que sustentam a Seguridade Social (saúde, assistência social e Previdência), desmistificando o tema e conscientizando a população sobre a perversidade que esse governo quer fazer com os jovens, os idosos, os trabalhadores do campo e da cidade, enfim, com a população brasileira”, completou.

Paulo Paim ainda sugeriu ao movimento sindical presente que as entidades fizessem amplos encontros regionais, convidando a sociedade para informar e discutir a reforma.

 

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra