Central dos Sindicatos Brasileiros

Trabalhadores da Prodam realizam assembleia e aprovam pauta de Acordo Coletivo de Trabalho

Trabalhadores da Prodam realizam assembleia e aprovam pauta de Acordo Coletivo de Trabalho

Na última segunda-feira, 14, os trabalhadores da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (Prodam) participaram da assembleia para discutir a pauta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). Os encontros, que chegaram a envolver entre 370 e 400 pessoas, aconteceram na sede da empresa, na Avenida Francisco Matarazzo, e na filial, localizada na Rua Pedro de Toledo. Na primeira o acordo foi aprovado por ampla maioria e, na segunda, por unanimidade.

Após a aprovação da pauta, irão se iniciar as discussões em torno da renovação do acordo, como conta o vice-presidente do Sindpd, João Antônio Nunes. “Nós já estamos encaminhando para a empresa a pauta aprovada, também solicitamos o agendamento da reunião para que iniciemos a negociação.” Por fim, após ambas as partes entrarem em consenso, será realizado uma última assembleia, para que os trabalhadores aprovem a assinatura do acordo.

No caso da Prodam, existem cláusulas que vão além da Convenção Coletiva de Trabalho, ou seja, há um aprimoramento dos direitos e benefícios estendidos aos trabalhadores da empresa. “Nós temos 47 cláusulas que melhoram questões muito importantes como: a complementação do auxílio doença, que é acima do que paga a previdência; o auxílio creche, que está acima da convenção coletiva. São uma série de cláusulas econômicas que acabam se transformando em uma melhor remuneração”, conta João Antônio.

Dessa forma, o acordo que existe entre Prodam e Sindpd é visto como um ótimo exemplo devido a maneira que foi construído, ao longo de quase 30 anos. “Vem sendo melhorado ano a ano, não é algo que foi construído de um dia para o outro. É resultado de muita conversa, muita luta e, principalmente, de muita participação dos empregados”, finalizou João Antônio.

Be Sociable, Share!