Central dos Sindicatos Brasileiros

Diretoria do SINDITAXI-CE se reúne com secretário de articulação política da prefeitura

Diretoria do SINDITAXI-CE se reúne com secretário de articulação política da prefeitura

A reunião tratou de melhorias para a categoria dos taxistas, envolvendo o curso de renovação de carteira e mais rigidez na fiscalização de carros de aplicativo

Na última segunda-feira, 23, a diretoria do SINDITAXI-CE se reuniu com o secretário executivo de articulação Política da Prefeitura de Fortaleza, Francisco Barroso e Felipe Pontes, assessor do prefeito Roberto Cláudio para discutir assuntos pertinentes a categoria como o curso de renovação da carteira de motorista padrão e fiscalização mais séria para os carros de aplicativos. Participaram do encontro representando o SINDITAXI-CE, o presidente Francisco Moura, o vice-presidente Cláudio Freitas e os diretores Messi Freitas e Adriano Oliveira.

“Tratamos de diversos assuntos da categoria, entre eles a questão do curso de renovação da carteira padrão. Abordamos a importância de que o curso não seja realizado em 5 dias, com 28 horas aulas. O SINDITAXI-CE entende que quem já fez o curso não tem a necessidade de assistir 28 horas/aulas a cada dois anos. O mais interessante seria um aulão em um dia, com 4 horas pela manhã e outras 4 pela tarde. Em apenas um dia o taxista resolveria a renovação da validade de sua carteira padrão e o seu curso. Aqueles que estão fazendo o curso para ingressar na modalidade de taxista, cumpririam as 28 horas aulas e participariam dos 5 dias. A matéria foi debatida com o prefeito e encaminhada pelo secretário Barroso e por Felipe Pontes. Em breve teremos um retorno” ressaltou o presidente Moura acerca do assunto em pauta.

Dentre outros assuntos debatidos estava a questão do Clube dos Taxistas. O presidente explicou a necessidade de resolver a pendência. Também tratou da questão da fiscalização mais eficaz para os carros de aplicativos. “Continuam os problemas envolvendo a população com esses motoristas. Isso ocorre pela frouxidão da fiscalização. Solicitamos que ela seja eficaz. Alertamos da necessidade de se fazer algo sobre a questão da limitação desses veículos de Fortaleza. Uma das sugestões é que apenas veículos com placas da cidade rodem, já que vários automóveis circulam com placas de outros estados”, disse o sindicalista.

Moura pontou que seja inserida na lei que regulamenta os aplicativos uma multa para as empresas que descumprirem às normas da Prefeitura. Ele também afirmou que já foram vistoriados carros com as placas 0,1,2 e 3 e para os veículos que não passaram pela vistoria, as plataformas não poderiam encaminhar corridas e destacou que apenas o motorista é penalizado nesse processo, a plataforma, no fim, sai ilesa. Ele também lembrou da falta de comprometimento das plataformas. “Todo os meses elas apresentam relatórios com atrasos e listas desatualizadas. Querem burlar o processo. Enviam planilhas que a Prefeitura tem dificuldade em abrir. É preciso haver uma multa para isso”, finalizou o presidente do SINDITAX-CE.

Be Sociable, Share!