Central dos Sindicatos Brasileiros

Vice-presidente da CSB defende democracia brasileira em Fórum Social Mundial

Vice-presidente da CSB defende democracia brasileira em Fórum Social Mundial

A presidente e a vice-presidente do Sindicato dos Odontologistas do Estado da Paraíba – SINDODONTO/PB, Drª Joana Oliveira e Drª Walkiria, ambas Conselheiras do Conselho Estadual de Saúde da Paraíba, participaram em Salvador, na Bahia, dos debates do Fórum Social Mundial (FSM) para defender a democracia brasileira. O evento aconteceu entre os dias 13 e 17 de março.

Com o tema central “Povos, Territórios e Movimentos em Resistência”, e o slogan “Resistir é criar, resistir é transformar”, o Fórum Social Mundial (FSM) deve ser um evento de resistência contra os retrocessos e os ataques à democracia no Brasil.

Criado em 2001, em Porto Alegre, o FSM 2018 o Fórum começou no último dia 13 e vai até o dia 17 de março em Salvador.

Nesta edição, é importante ressaltar também que o fortalecimento da luta contra a desigualdade social, proposto no FSM 2018, reforça o trabalho da entidade que aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), com foco no desenvolvimento social, político e sustentável, como base norteadora. Nesse sentido, muito além do papel social das entidades sindicais, os profissionais liberais também são corresponsáveis na transformação do Brasil.

Cerca de 60 mil pessoas, de 120 países, entre elas, representares de organizações e entidades de países como Canadá, Marrocos, Finlândia, França, Alemanha, Tunísia, Guiné, Senegal, assim como também de países sul-americanos e representações nacionais. O evento promove o debate sobre as múltiplas crises sociais e diversidade de agendas de luta. A proposta é definir novas alternativas e estratégias de enfrentamento frente ao quadro de retirada de direitos conquistados pela luta popular.

A novidade do FSM 2018 foi unir aos eixos, lemas e bandeiras com o intuito de contribuir ao processo de mobilização e articulação das resistências entre si, que são abertos e podem ser propostos por redes, plataformas, organizações e movimentos sociais. Todas as atividades inscritas no FSM 2018, são autogestionadas, ou seja, cada organização se responsabiliza por toda gestão do evento (formato, palestrantes, passagens, translado, hospedagem, etc.). Já a Organização do Fórum, garante a infraestrutura para a realização das atividades propostas e a divulgação na Programação do site do Fórum.

Na ocasião, a presidente da Federação Nacional dos Odontologistas (FNO) e do Sindodonto-PB, também se reuniu, no dia 14 de março, com a Diretoria do Sindicato dos Odontologistas no Estado da Bahia, em Salvador. Confira as fotos da reunião.

Fonte: Sindodonto/PB

Compartilhe!