Central dos Sindicatos Brasileiros

Servidores de Teófilo Otoni protestam contra redução no adicional de insalubridade

Servidores de Teófilo Otoni protestam contra redução no adicional de insalubridade

Os servidores da Prefeitura de Teófilo Otoni que tem direito ao adicional de insalubridade estão sendo prejudicados pela prefeitura da cidade, já que a Administração Municipal está pagando o abono sobre R$ 474 e não, como é o correto, sobre o menor salário do município, que é o salário mínimo, R$954 – conforme consta na Lei Federal 514/77.

Em assembleia (fotos) realizada nesta terça-feira (6), na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teófilo Otoni (SINDISETO), eles decidiram fazer uma manifestação no dia 19 de novembro, caso no pagamento não conste o adicional corrigido.

Fonte: Feserp-MG

Compartilhe!