Central dos Sindicatos Brasileiros

Professores da rede municipal de Linhares (ES) entram em greve por causa do descumprimento do Plano de Cargos e Salários

Professores da rede municipal de Linhares (ES) entram em greve por causa do descumprimento do Plano de Cargos e Salários

Decisão foi tomada em assembleia do Sindicado dos Servidores Públicos da cidade; paralização começa na segunda-feira (23)

Em assembleia do Sindicado dos Servidores Públicos de Linhares (SISPML), localizado no Espírito Santo, professores da rede municipal decidiram decretar greve geral sem previsão de término. A paralisação começa na segunda-feira (23). O motivo foi o descumprimento, por parte da prefeitura, do Plano de Cargos e Salários do magistério.

“Em dezembro, conseguimos uma audiência de conciliação para implantação do Plano de Cargos e Carreiras do nosso município, tanto da parte administrativa quanto do magistério. Ficou firmado nesse acordo que, em janeiro de 2018, o prefeito estaria implantando os dois planos e, em janeiro, nós ficamos cientes de que ele implantaria por completo o plano do administrativo, e do magistério ficou parcial, apenas para contratados, afirmou a presidente do sindicato, Simone Aguiar.

De acordo com o sindicato, a decisão de greve foi tomada porque o prefeito da cidade entrou com um recurso contra a sentença da justiça a favor do magistério. Nesta semana, o Tribunal de Justiça decidiu pela suspensão da sentença favorável à categoria e a decisão será julgada por desembargadores do tribunal.

A greve será iniciada apenas na segunda, e já foi comunicada ao Ministério Público, à prefeitura e aos pais dos alunos, que são da educação infantil e do 1º ao 9º ano.

Compartilhe!