Central dos Sindicatos Brasileiros

Ato em defesa da Justiça do Trabalho no TRT4 defende a união entre os setores da sociedade

Ato em defesa da Justiça do Trabalho no TRT4 defende a união entre os setores da sociedade

Evento debateu os efeitos nocivos aos trabalhadores causados pela reforma trabalhista

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), juntamente com outras entidades sindicais, magistrados, procuradores, servidores e sociedade civil, participou na última quinta-feira (10), no Plenário do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª região (TRT- RS), em Porto Alegre (RS), de ato em defesa da Justiça do Trabalho.

Para o diretor de Comunicação da Seccional Rio Grande do Sul da CSB, que foi o representante da Central, André Costa, o que prevaleceu neste encontro foi o espírito de união que deve haver entre os diversos setores da sociedade.

“Foi um balizador para que todos se unam, seja Ministério Público (MP), Justiça do Trabalho (JT), sindicatos e associações para passarmos por este momento. Devemos nos unir pelos direitos trabalhistas e pela Constituição, pois o foco deles é acabar com a Justiça do Trabalho”, falou Costa.

Além dos trabalhadores, está cada vez mais claro que a Lei 13.467, que trata da reforma trabalhista, ataca diretamente a Justiça do Trabalho.

“Precisamos nos unir também para derrotar esta reforma trabalhista, que foi aprovada às pressas. Nós entendemos que é necessário que a gente vá para o debate jurídico, mostrando aos juízes e desembargadores que esta reforma é inconstitucional. Os trabalhadores estão sendo violentados. A reforma foi feita com vários pontos que a Constituição não permite, e nós defendemos que devemos seguir a Constituição”, completou.

Participaram do evento membros do Conselho de Diretores da Secretaria da Justiça do Trabalho (Coditra), Associação dos Peritos na Justiça do Trabalho (Apejust), Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do Rio Grande do Sul (Sintrajufe/RS), Associação Gaúcha dos Advogados Trabalhistas (Agetra), Associação Latino Americana de Juízes do Trabalho, Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (Abrat), seccional gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS), entre outras.

Foto: Secom/TRT-RS

Compartilhe!