Central dos Sindicatos Brasileiros

Coragem e resistência marcam trajetória de Rosivaldo Justino da Silva no sindicalismo brasileiro

Coragem e resistência marcam trajetória de Rosivaldo Justino da Silva no sindicalismo brasileiro

O dia 7 de abril anoiteceu triste este ano. Mais uma vez a CSB enfrenta a dolorosa perda de um importante combatente do sindicalismo brasileiro e de um defensor implacável dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do nosso País. Aos 58 anos de idade e há mais de 30 anos na luta pela dignidade dos contabilistas pernambucanos, demos o derradeiro adeus ao inestimável companheiro Rosivaldo Justino da Silva.

Vice-presidente da CSB Nacional e presidente do Sindicato dos Contabilistas no Estado de Pernambuco (SINDICON/PE), Rosivaldo foi peça-chave na fundação e consolidação da nossa queria Central dos Sindicatos Brasileiros. Torcedor roxo do Sport Recife, seu amor e dedicação sempre foram compartilhados entre a família, os amigos, o futebol e, claro, a contabilidade e a resistência classista.

Por isso, jamais lembraremos do companheiro como um guerreiro que perdeu a batalha para complicações renais causadas pela diabete, mas sim como o eterno vencedor do valoroso combate da vida; da vida em sociedade; da vida à frente dos principais confrontos que assolaram os trabalhadores brasileiros nas últimas décadas; da vida que não se esconde sob às sombras do comodismo, mas que reluz como bálsamo sobre as feridas daqueles que mais sofrem neste País e sobre os contabilistas nordestinos.

Não é à toa que parte de sua história também foi escrita no Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRCPE), onde de 1990 a 1993 foi conselheiro suplente; entre 1994 e 2009, conselheiro efetivo; de 1994 a 1995 e 2004 a 2005, vice-presidente e entre 1996 e 1999, assumiu o cargo de presidência da Entidade. E novamente não é ao acaso que Rosivaldo liderava o SINDICON/PE, Sindicato que completará 85 anos de fundação no dia 1º de setembro de 2018.

Portanto, no domingo (08/04), não sepultamos um amigo no Cemitério da Casa Amarela, em Recife (PE), nós nos comprometemos a carregar em nossos corações a garra e a coragem que nosso estimado companheiro exemplificou ao longo de toda sua trajetória terrena como pai, amigo e sindicalista.

Rosivaldo, querido amigo, vá em paz e fique com Deus! Siga com a certeza de que nós, da família CSB, continuaremos a honrar a luta dos contabilistas, a luta do Nordeste e a luta de cada trabalhador e trabalhadora deste Brasil!

Com profundo pesar,

Antonio Neto

Presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros

Leia abaixo as condolências de outros companheiros da CSB:

“Não existe partida para aqueles que permanecerão eternamente em nossos corações” – Lygia Sampaio, vice-presidente da CSB e presidente da FEDCONT.

“Uma perda irreparável para os contabilistas, o movimento sindical de Pernambuco e a CSB. Lamentamos profundamente sua passagem, mas fica seu exemplo de luta e comprometimento com o que fazia” – Sandro Jadir Albuquerque, vice-presidente da CSB.

“Nossos sentimentos à família e amigos. Rosivaldo, um grande companheiro, descanse em paz” – Francisco Moura, vice-presidente da CSB.

“Meus sentimentos! Que Deus, na sua infinita misericórdia, console toda a família” – Maria Apª Feliciani, vice-presidente da CSB.

“Ele nos deixa em um momento de muitas dificuldades para a classe trabalhadora. Quando estávamos na estrada, divulgando o surgimento da CSB, viajei com ele e outros companheiros por Pernambuco, visitando sindicatos da capital e do interior do estado. Fiquei impressionado com a sua garra, seu comprometimento, seus conhecimentos e com o orgulho dele com sua terra e com o time de futebol do Sport Recife. Fica a saudade de um homem apaixonado por sua gente e pela causa que defendia” – Cosme Nogueira, secretário de Formação Sindical da CSB.

“Meus pêsames à família do meu irmão querido. Que Deus esteja com você! Ele adorava o Sport Recife, brincava comigo sobre o Grêmio, me perturbava cobrando para o Cosme a volta a Recife, e eu devia ir junto com os dois para viver a coisa linda que é estar do lado dos nossos trabalhadores humildes de nossa CSB. Exemplo de pai de família, estou triste demais, meu querido amigo. Os contabilistas do Brasil perdem um exemplo de guerreiro da profissão” – Itamar Kunert, secretário de Organização e Mobilização da CSB.

“Que Deus possa confortar os corações da família deste nobre guerreiro. Aprendemos muito com sua luta, companheiro Rosivaldo. Vai em paz!” – Jorge Antonio Nascimento, secretário dos Servidores Públicos da CSB.

“Sentimentos a todos os familiares e bons amigos”, Maria Barbara da Costa, secretária de Saúde da CSB.

“Nossos sentimentos pela passagem do amigo. Que Deus conforte a família e todos os amigos!” – Paulo de Oliveira, 1º secretário de Organização e Mobilização.

“O Sindicato dos Contabilistas de Viçosa/MG, sua diretoria e contabilistas estão consternados com o falecimento do colega da CSB e presidente do SINDICON/PE. A toda família e amigos, nossos sinceros sentimentos. Que Deus conforte os corações” – Sindicato dos Contabilistas de Viçosa/MG.

Compartilhe!