Central dos Sindicatos Brasileiros

CSB CE se reúne com sindicatos para debater realidade do País

CSB CE se reúne com sindicatos para debater realidade do País

Senalba é uma das entidades que participaram dos debates; encontro também reiterou o convite da Central para a plenária da Seccional

Para conhecer melhor as reivindicações e necessidades dos seus sindicatos filiados, a diretoria da CSB CE tem se reunido com os presidentes das entidades cearenses ao longo deste mês. As visitas fazem parte do plano de ações 2018 da Seccional, que tem como objetivo fortalecer ainda mais o sindicalismo no estado e divulgar a plenária da Central, que acontecerá no próximo sábado (24), no auditório do SINDTAXI/CE, com a presença do presidente Antonio Neto.

O Sindicato das Entidades Culturais, Recreativas e de Assistência Social do Ceará (Senalba) foi uma das entidades que visitaram a sede da CSB CE no início de março. Representado pelo seu presidente Wilson Machado, o Sindicato conversou sobre o atual momento político do Brasil e as implicações das decisões do governo Temer na área cultural do País.

Veja como foi a visita ao Sindojus/CE.

De acordo com o presidente da regional, Francisco Moura, que conduziu a visita, o atual governo federal “é totalmente descompromissado com o Brasil, com os trabalhadores e com o povo”, e isso torna imprescindível a união do movimento.

“É importante o movimento sindical estar mais unido e mais forte do que nunca porque, agora, principalmente depois da reforma trabalhista, os trabalhadores irão precisar mais ainda da ação dos sindicatos para defendê-los e estarem no dia a dia, na luta com eles”, acredita o dirigente.

Já sobre as lutas específicas do Senalba, o também vice-presidente da CSB Nacional complementa: “No caso do Senalba, que é um sindicato ligado à parte da cultura, a entidade lida com um dos segmentos mais maltratados pelo governo. Todos nós lembramos que o governo Temer extinguiu o Ministério da Cultura e depois de uma série de protestos pelo Brasil inteiro, ele voltou atrás e reativou a pasta. Mas reativou de maneira que não condiz com a realidade, com o momento da cultura brasileira. O Ministério, hoje, não investe na cultura”, ressalta.

Para Wilson Machado, presidente do Sindicato, o debate acerca da conjuntura política e econômica brasileira é muito importante para a classe trabalhadora vencer os retrocessos impostos pelo poder público. Segundo o dirigente, “o Senalba entende que o atual momento é de luta, visto que a reforma trabalhista aprovada e a da Previdência em vias da aprovação prejudicam ainda mais os trabalhadores”.

“A CSB Ceará é uma central forte e atuante em nosso estado. Sabemos do papel do presidente Moura à frente da entidade, já que ele é um aglutinador das massas e representa a voz de muitos trabalhadores de diversas classes. [Por esta razão], o apoio da Central pode beneficiar a categoria em muitas coisas. Uma delas é o apoio jurídico e o entendimento com outros estados. Tudo isso é importante”, acrescenta Machado, ratificado por Francisco Moura.

Durante o encontro, o presidente da CSB CE reafirmou “o compromisso de parceria, solidariedade e de apoio a todas as lutas e os eventos que o Senalba encabeçar”.

Plenária

No sábado (24), a diretoria da CSB irá se reunir com os dirigentes sindicais em Fortaleza (CE). O objetivo é discutir o cenário político e a importância de escolher representantes dos trabalhadores para ocupar o Congresso Nacional nas eleições 2018. Segundo Moura, prova desta necessidade é a aprovação da reforma trabalhista, sancionada pela Lei 13.467.

“Isso mostra que nós temos um Congresso sem compromisso com a classe trabalhadora e com o Brasil. Então, o movimento sindical precisa estar atento para denunciar os traidores e colocar nomes que nos deem a oportunidade real de mudar o País”, afirma.

A plenária da Seccional começará às 08h30, na sede do SINDTAXI/CE, e contará com a participação de Antonio Neto.

Compartilhe!