Central dos Sindicatos Brasileiros

CSB-SP debate planejamento de ações e mobiliza sindicatos contra a reforma da Previdência

CSB-SP debate planejamento de ações e mobiliza sindicatos contra a reforma da Previdência

Dirigentes traçaram as estratégias de articulação e combate aos retrocessos e à PEC 287

A Diretoria Operativa Estadual da CSB-SP esteve reunida na terça-feira (6), na sede da Central, em São Paulo. Os dirigentes definiram detalhes sobre a participação da CSB estadual nas manifestações na Jornada Nacional de Lutas contra a reforma da Previdência.

Ainda durante a reunião, os dirigentes sindicais analisaram a situação política do País, além de outros assuntos pertinentes ao grupo, como contribuição sindical e agenda de mobilização e lutas dos trabalhadores do estado de São Paulo.

Segundo o presidente Tiago Pereira, a CSB – SP irá mobilizar todos os sindicatos filiados para a Jornada contra a reforma da Previdência, que será realizada no dia 19, em conjunto com as demais centrais – CTB, CUT, Força Sindical, UGT e Nova Central. “Nosso objetivo será barrar as propostas da reforma previdenciária”, disse Pereira. “A decisão da diretoria é levar o maior número de trabalhadores e todos os sindicatos filiados a cerrar fileiras nas ruas para demonstrar aos defensores das reformas que os trabalhadores precisam ser ouvidos e seus pleitos, acatados”, completou.

A reunião realizada na terça foi a primeira da Diretoria Operativa desde sua posse, em outubro do ano passado. “Com isso, a CSB-SP coloca em prática o planejamento acertado pela nova gestão de incrementar suas ações, socializar as informações e descentralizar nossas decisões”, finalizou Tiago Pereira.

Audiência

Ainda durante o encontro, os dirigentes falaram sobre o fortalecimento das regionais e das vice-presidências. “Vamos fazer um levantamento em cada região e estimular nossos dirigentes e departamentos a apresentarem suas atividades para um planejamento e organização regional e estadual por setor produtivo e categorias”, falou Denílson Bandeira, da Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais do Estado de São Paulo – (FESSPMESP).

O presidente do SEAAC Bauru, Lázaro Eugenio Pinto, propôs que a diretoria da Central marque uma audiência com o superintendente Regional do Trabalho e Emprego no estado de São Paulo. “O objetivo é discutir ação propositiva do SRT-SP e debater implicações da reforma trabalhista no dia a dia das entidades sindicais e as consequências práticas na vida do trabalhador. E, ainda, preparar o órgão em São Paulo para respeitar as Convenções Trabalhistas no tocante às homologações feitas nos sindicatos. Outro ponto da audiência será a Lei 13.467/17, em vigor”, destacou Lázaro.

A reunião teve a presença de vários diretores e dirigentes de sindicatos, federações e confederações ligados à Central em São Paulo. Participaram da 1ª Reunião de Trabalho da Diretoria Operativa da CSB – São Paulo: Tiago Pereira, Sindicato Metalúrgicos de Itatiba; Lázaro Eugenio Pinto, SEAAC Bauru; Paulo Cesar de Almeida, SINDPD; Valdir José de Lima, SINDTADEMSP; Paulo de Oliveira, SEAAC Presidente Prudente; Jaime Santana de Melo, Sintramoju de Jundiaí; Juarez Henrique de Paulo, SUEESSOR de Osasco; Ronaldo de Souza Soares (Lula), SINDIESP; Emerson Morresi, SINDPD; Denílson Bandeira,  Servidores de Guarulhos , FESSPMESP, – SINSERPUCA – Caieiras; Maria Aparecida Feliciani, SEAAC de Jundiaí; Márcia Alves Egea, Vestuário de Guarulhos; e Sérgio Monis do Nascimento, FETRAMESP.

Estão previstas reuniões itinerantes em outras cidades ao longo de 2018.

Compartilhe!