Central dos Sindicatos Brasileiros

Servidores de Juiz de Fora querem IPCA mais 5% de recomposição de perdas

Servidores de Juiz de Fora querem IPCA mais 5% de recomposição de perdas

Mais um ano de campanha salarial se inicia com a construção da pauta de reivindicações em assembléia realizada no último dia 23 de janeiro. A lista contém 25 itens que tratam de reajuste salarial, extinção do decreto que altera a data do pagamento para até o quinto dia útil, criação de nova tabela, reajuste e isonomia do ticket alimentação, entre outros temas de interesse da categoria. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF), Amarildo Romanazzi, informa que a direção está com bastante energia para enfrentar uma administração que tem se mostrado alheia aos interesses dos servidores. “Vamos fazer o possível para que essas negociações sejam melhores. Mas para que tudo corra bem é fundamental que a categoria esteja ao lado do sindicato”, declara.

No encontro ficou definido que o SINSERPU-JF deverá negociar a reposição da inflação do período de 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2017, tendo como referência o IPCA, acrescido de 5% de recomposição das perdas. Quanto ao ticket alimentação, o sindicato irá lutar pelo reajuste do benefício para R$ 300 e sua isonomia para todos os servidores. Outra luta será pelo fim da cláusula que estabelece a assiduidade, além da antecipação da recarga para o último dia útil do mês.

A direção do SINSERPU-JF voltará a cobrar a constituição de um grupo de trabalho para reformular o Plano de Cargos Carreira e Vencimento e criar uma nova Tabela Salarial atualmente defasada. Questões relacionadas ao Plano Saúde Servidor, concurso público, progressão na carreira, fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), adicionais, também serão alguns dos temas abordados.

A pauta de reivindicações em breve poderá ser acessada por meio do site sinserpujf.com.br

Fonte: Imprensa do SINSERPU-JF

Compartilhe!