Central dos Sindicatos Brasileiros

Em reunião com taxistas de Russas (CE), Seccional Ceará da CSB destaca importância da organização sindical

Em reunião com taxistas de Russas (CE), Seccional Ceará da CSB destaca importância da organização sindical

Reformas trabalhista e previdenciária, além do PLC 28, também foram debatidos

O presidente da Seccional Ceará da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Francisco Moura, se reuniu na tarde desta quarta-feira (17) com taxistas da cidade de Russas, 190 km da capital cearense, e com a diretoria do Sindicato dos Taxistas de Russas e Municípios do Vale do Jaguaribe (Sinditaxi de Russas).

O encontro, que aconteceu no auditório do sindicato dos servidores municipais, abordou as reformas trabalhista e previdenciária, o andamento do Projeto de Lei da Câmara 28/2017, que regulamenta o transporte seguro de passageiros, além da importância da organização sindical e da conscientização do trabalhador.

Para Moura, é de extrema importância os dirigentes saírem de seus gabinetes para se reunir com a base.

“A base é o sustentáculo do sindicato, que só tem respaldo perante as autoridades, patrões e governantes se tiver por trás dele o respaldo da base. E para isso é necessário que as lideranças vão ao encontro desses trabalhadores e promova este tipo de reunião para conversar e sentir o que o trabalhar está pensando e desejando”, declarou o presidente da Seccional.

Um dos desafios no novo sindicalismo é a participação ativa do trabalhador em suas lutas segundo o dirigente. Para isso, a conscientização é fundamental.

“Os sindicatos vão conquistar a participação dos trabalhadores os conscientizando. Hoje, o trabalhador só tem duas ferramentas para defendê-los, o sindicato e o título de eleitor, pois os políticos se omitiram deste papel. Devemos fortalecer cada vez mais o sindicato para que ele possa lutar e defender o trabalhador e a categoria. Saber usar o título também é muito importante. Digo onde passo: ‘Sindicato sem sindicalizado é como uma igreja sem fiéis, não vai para lugar nenhum”, finalizou Moura, que ainda elogiou o trabalho realizado pelo sindicato local, em especial de sua presidente, Celma Rodrigues, a única mulher a presidir um sindicato de taxistas no Brasil.

Compartilhe!